Arquivo

Março 2016

Posts em Março 2016.

Livro: Como Eu Era Antes de Você

É impressionante como livro é algo tão pessoal no gosto de cada um, mesmo quando a maioria gostou e você não ou vice e versa, né? Confesso que me sinto um alien quando um livro (principalmente os best sellers) cai no gosto da maioria das pessoas, menos no meu… E quando, mesmo que a chance seja remota, o filme acaba sendo melhor que o livro? Céus!!! É algo raro, eu sei… Mas pode acontecer. Semana passada terminei de ler “Como Eu Era Antes de Você” e honestamente – BOMBA! – eu esperava muito mais. =/

Sinopse:

Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

como-eu-era-antes-de-voce

O enredo é bom; tanto pelos personagens principais, como os secundários, a história em si é muito boa também, mas pra mim o que pecou foi a dinâmica da história, – eu achei que faltou muito da autora em realmente me prender. Veja bem, eu sou do tipo que adoooooora um drama, mas sabe quando você começa a ler uma história que está chegando num ponto crucial que você espera ansiosamente e depois que lê, sente que faltou mais emoção? Me senti assim com o livro todo.

Sei que tem gente que vai me achar uma insensível de coração peludo, porque principalmente o final (que também não gostei), eu achei que faltou explorar mais a emoção por parte da autora. Como disse a história é sim boa: envolve amor, amizade, empatia e o direito de escolha que cada humano tem – principalmente porque a base carrega um tema bem complexo e, é exatamente por isso eu achei que Jojo Moyes poderia ter mandado melhor, saca? Em breve terá a estreia no cinema, tem o trailer a seguir pra vocês conferirem e vou dar mais uma chance à história, mas dessa vez na tela, então quem sabe né?

Como citei no começo deste post: livro é algo pessoal, posso não ter gostado o que isso não quer dizer que outras pessoas não irão gostar, ao contrário, a maioria que leu gostou, mas é aquela né, gente? Gosto é igual c*, cada um tem o seu. Vai ganhar só duas xícaras de café:

cafe2-horz22

Segunda Sem Carne

Vocês conhecem o Segunda Sem Carne?

MeatFreeMondayMakeANEWVideo_0714_NewsBody

Eu já tinha ouvido falar, mas nunca parei pra ler a respeito. O Segunda Sem Carne é uma campanha de conscientização sobre os impactos que produtos de origem animal na alimentação tem sobre os animais, sociedade, saúde humana e o planeta. Vocês podem ler tudo a respeito neste link aqui. A ideia, é de pelo menos uma vez por semana você não consumir nada de origem animal e por consequência descobrir novos sabores (o site tem receitas fáceis e deliciosas). O Segunda Sem Carne já existe em 35 países, apoiada por um monte de gente famosa. Paul Paul McCartney – vegano fervoroso é o embaixador da causa no Reino Unido e, aqui no Brasil, o Segunda Sem Carne chegou em 2009 com várias implementações em parcerias entre a (SVB) Sociedade Vegetariana Brasileira e a Secretaria do Verde e Meio Ambiente (SVMA) da prefeitura.

Mas por que a segunda-feira? Porque segunda-feira é o dia da semana mais associado a mudanças como todos nós sabemos, afinal, quem nunca: ‘segunda eu começo a dieta’, ‘segunda eu volto a academia’, então daí veio o Segunda Sem Carne. Diante disso, eis que ontem resolvi aderir ao movimento! Confesso que acabei almoçando frango (eu ainda não tinha decidido a respeito ehehe), mas já na janta não comi nada de origem animal. Porém, dessa semana em diante vou me programar melhor e ficar pelo menos toda segunda feira sem comer carne e/ou qualquer outro produto de origem animal. Meu jantar de ontem foi: espinafre, brócolis com tomate cereja e cuzcuz marroquino com creme de ricota light. De sobremesa: uma banana. Me satisfez bem a fome e diga-se de passagem estava delicioso. Veja bem, a ideia nesse post NÃO É, de forma alguma e que fique BEM CLARO, converter ninguém (aliás, odeio essa palavra… converter… uurgh) até mesmo porque, nem vegetariana eu sou… Mas acho que vale dar uma leitura na campanha e pensar a respeito com carinho e se achar legal pensar em aderir também, afinal de contas, no mundo que estamos vivendo hoje, qualquer ação boa – por mínima que seja, já é um respiro de esperança pra um futuro melhor. <3