Agora vai!!!

Vou começar esse post com uma confissão: dei uma relaxada feia na academia. Isso desde que voltei de viagem e se fui umas duas vezes, foi muito. Não justificando esse relapso da minha parte, mas muita coisa também aconteceu nesses últimos meses pra cá (e já passamos da metade do ano) e eu acabei dando uma desanimada… Isso sempre gerava uma desculpa (esfarrapada, é claro) a mim mesma e eu acabava não indo.

Semana passada eu resolvi tomar vergonha na cara e mais ainda uma atitude; renovei meu semestre na academia (pra vocês verem como eu estava há muito tempo sem ir) e junto com o Rick entrei pra natação também (por enquanto, ele só está na natação). Quando eu era criança eu cheguei a fazer natação, mas não fiquei muito tempo, o que significa que: eu não sei nadar. (Re)Comecei a academia ontem e hoje comecei a natação que será de terça e quinta na parte da manhã. Parece até loucura do tipo algum efeito placebo, mas já estou me sentindo bem melhor. Eu saio me arrastando; tanto da academia como hoje da piscina, mas é aquele tipo de cansaço gostoso, sabem? No quesito cabeça, ela fica mais leve com a consciência porque você mesmo se diz com aquele orgulhinho: “hoje eu fui”, mas o foda mesmo é manter isso, iiih eu bem sei.

foto_antigua_piscina

Eu tinha colocado como meta (ai que clichê) pra 2014 fazer alguma atividade além da musculação, e tinha pensado na natação. Mas só tinha pensado mesmo. Como o Rick cogitou precisou fazer, eu, como incentivo (pra mim e pra ele) acabei entrando junto. E por falar em incentivo, pode ser que muito em breve meu pai comece a fazer academia comigo também e aí terei que ir na parte da manhã e isso significa que terei que dormir mais cedo – o que pra mim, isso é ótimo. Honestamente, eu não sou o exemplo de pessoa quando o assunto é atividade física, e sei disso. Mas sempre considerei importante pra todo mundo e mais ainda pra mim, pra principalmente eu deixar de ser preguiçosa e sempre que bater aquele desanimo, eu vir aqui e ler esse post como incentivo (esse post está mais pra puxão de orelha, pensando bem). Mas vejam… Na minha aula de natação, além do Rick, tem mais 3 pessoas: uma mulher e dois homens, todos com mais de sessenta anos de idade e uma disposição maravilhosa que deveria servir de exemplo pra principalmente os mais novos, um deles nada tão bem que eu fiquei até com vergonha de colocar minha humilde pranchinha e sair batendo pernas com aquela “coordenação de paquiderme” típico de iniciantes AHAHAHAHAHAHAHA, mas brincadeiras a parte, ter eles ali é algo bem legal porque muitas vezes, as “dificuldades” só estão na nossa cabeça porque aquele bichinho pertinente da preguiça plantou.

Tô (re)animada. De verdade. Tipo… Comecei com aquele mantra de: Agora vai ou vai, porque na boa, se não for vai ser muito feio dizer que “pratico xadrez” na minhas atividades saudáveis e nem xadrez eu poderia, porque não sei jogar. Levantamento de copo tá tão batido que não vale mais. =D

0 comentários Comentário

Adicione um comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *