Filme, seriado e olimpíadas…

Filme, seriado e olimpíadas…

No fim de semana assisti ‘Perigo em Alto Mar’ (The Reef), eis aqui a sinopse:

Cinco amigos fazem um passeio de barco. De repente, o barco vira e começa uma luta desesperada para salvarem-se e conseguirem consertar o casco quebrado. Sem alternativas, eles resolvem nadar até a ilha mais próxima. Mas, durante a viagem a nado, percebem que estão sendo perseguidos por um enorme tubarão.

O filme é baseado em fatos reais (a-do-ro) e diferente do só-fica-naquilo como em ‘Mar Aberto’ (que também é uma história real), esse filme é bem mais apavorante e dinâmico. Gosto de quando os filmes de suspense têm essa pegada e os atores não são conhecidos, acho que dá ainda mais realidade ao filme, até mesmo porque a atuação de todos eles foi ótima! Aqui o trailer:


É um tipo de suspense que eu adoro e que muita gente odiaria, mas o fato da história acontecer com quatro pessoas que estão em alto mar a Deus dará e toda hora aquele perigo iminente de tubarões te deixa apavorada do início ao fim. Ouso dizer que até o clássico ‘Tubarão’ de Steven Spilberg é praticamente um ‘Nemo’ diante desse. Pra quem também gosta desse tipo de suspense, eu super recomendo.

Outra coisa que soube e que me deixou muito feliz foi que o Blog Ligado em Série divulgou que a Fox afiliado com 20th Century FOX irá transformar o filme A Praia (The Beach) – estrelado por Leonardo di Caprio em SERIADO. Eu sou apaixonada por esse filme, a história é muito legal e trilha sonora idem. Poucas pessoas também gostam tanto desse filme como eu e pra quem não se lembra dele, aqui está o trailler:


E falando agora em Olimpíadas, nem preparei um post específico sobre isso, mas assisti a abertura, me emocionei com Sir Paul cantando Hey Jude e fiquei feliz por nomes que infelizmente são desconhecidos aqui (até então…) trazerem medalhas pra nós. By the way a primeira medalha de ouro foi conquistada por uma mulher no judô – a Sarah Menezes, que é do Piauí e ontem quem conquistou mais uma medalha de ouro foi Arthur Zanetti que é daqui de São Caetano do Sul, minha cidade.


Parabéns Arthur Zanetti, é de pessoas como você que esse país – que por muitas vezes é desacreditado (até por mim), precisa!! Sentimos orgulho de um brasileiro conquistando uma medalha, mas mais ainda quando é da cidade que você mora. O gosto é ainda mais doce!!! Sem contar que São Caetano é tão pequeno que já devo até ter cruzado com ele, sabe-se lá… Cruzado com o melhor do mundo nas argolas da ginástica! Depois minha prima me contou que ele foi vizinho dela quando ela ainda morava em São Bernardo… Mundo pequeno, né?

Outros dois destaques que não poderia deixar de colocar aqui…

Da vitória da equipe feminina de velocistas da GB e Sir Paul McCartney no meio da galera começou a cantar Hey Jude com todo mundo. Todo mundo no velódromo cantando Hey Jude. Coisa mais linda!!! Ah gente… Emocioney!!! :*)


E de Usain Bolt, que mais uma vez bateu o próprio recorde e deveria ganhar uma outra medalha de ouro pelo homem mais carismático e divertido dessa olimpíada:

0 comentários Comentário

Adicione um comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *