Interlaken, Grindelwald, Lauterbrunnen: Suíça

Suíça – Interlaken, Grindelwald, Lauterbrunnen

Antes de mais nada eu pensei em escrever um post de boas vindas à 2012 e blábláblá, mas como eu já tinha postado uma mensagem anteriormente, achei que ficaria frescura demais. Nhá… Espero que todos tenham passado por uma ótima virada de ano e que 2012 seja repleto de coisas boas à todos… E por falar em coisas boas, começarei o ano falando de uma das coisas que eu mais amo: VIAGENS! Nossa viagem de Outubro/Novembro ainda tem muita coisa pra contar, muito chão pra percorrer e espero terminar tudo até no máximo final de janeiro. Então força na peruca, aperta o play e vamos lá…

Enquanto estivemos na Suíça, um dos nossos possíveis passeios seria ir até Jungfraujoch – mais conhecido como o Topo da Europa (e o mais alto de todos, por isso o nome, duh!) e aonde tem neve o ano inteiro. Quando soubemos do preço pra chegar até lá quase caímos pra trás: 270 euros. Por pessoa! Se a Suíça fosse o ultimo país do nosso roteiro de viagem, até que ok… Era um caso a se pensar, mas ainda tínhamos Alemanha, Praga e mais uma semana inteira em Londres pela frente.

Até que no albergue de Berna conhecemos o Sandro, o amigo carioca que mora aqui em São Paulo e que mencionei no post de Berna. Ele nos disse que tinha visto o preço de Jungfraujoch e que também tinha achado caro demais (Sandro já tinha passado por Amsterdam, Bruxelas, França, Alemanha e da Suíça ainda desceria pra Itália, ufa!), mas que havia outros passeios mais acessíveis com lugares muito legais pra conhecer, o primeiro e mais conhecido deles foi Interlaken e no outro dia, saímos bem cedo de Berna e fomos pra lá de trem.


Sandro, eu e Rick


Durante o caminho…


As outras duas cidades mostradas nessas fotos – Grindelwald e Lauterbrunnen são tão pequeninas que eu diria que mais se parecem com vilarejos, Interlaken também é assim. São lugares que na época do inverno com certeza há uma grande procura principalmente porque a cidade é especialmente preparada pra isso e também porque não fica longe dos Alpes Suíços.


Parece com Valfenda, não é?


Cemitério


Grindelwald foi um dos lugares que eu mais gostei, na mesma rua onde fica o comércio um pouco mais pra frente você consegue avistar parte dos Alpes e uma cachorreira maravilhosa, descobrimos inclusive que dava pra subir até a cachoeira e avistar a cidade (ou vila) por de trás dela, foi algo incrível, a subida foi íngreme, cautelosa, escorregadia, mas foi super divertido e valeu cada segundo de esforço porque o resultado foi esse:


Subida pra cachoeira…


Túnel que passa por baixo das pedras.


A vista… E que vista!!!!!


Bem atrás da cachoeira…


Antes da subida, tomando um fôlego básico…


Depois fomos pra Grindelwald e o cheiro absurdamente maravilhoso de chocolate que tem nessa vila é contagiante até pra quem não é fã de chocolates, entramos inclusive em um Chocolate Shop que meu Deus…. Aquilo sim era a visão completa do paraíso, depois fomos até Lauterbrunnen onde almoçamos em um lugar… Como posso dizer? Tipicamente suíço e deveras aconchegante. Não fomos até o Topo de Europa, mas conhecemos lugares tão incríveis quanto, a ponto de você ficar imaginando como é que a vida passa pras pessoas que moram alí…


Literalmente só tinha nós 3 na estação… cri cri cri


Estando na Suíça, mais precisamente em Berna, Interlaken, Grindelwald, Lauterbrunnen são lugares que eu recomendo conhecer e se tiver com uma boa grana vá para Jungfraujoch também, porque mesmo sem conhecer sei que o passeio é incrível. Próxima parada: Munique, Alemanha!

12 comentários Comentário

  1. nossa fala sério, esse cenário vale todo e qualquer centavo não??
    feliz 2012!
    =)

    Responder
  2. Ai que lindeza de lugar meu Deus! Sempre ouvir falar da Suíça. Essa foto sua sentada na janela do trem está perfeita Ju!
    Big beijos

    Responder
  3. Parece muito com Valfenda mesmo… que lindo o lugar.

    Responder
  4. cri cri cri ahahahahaha! Dei risada!! Que fotos maravilhosas! 😀

    Responder
  5. QUE LUGAR LINDO!! *-* Me lembrou muito Senhor dos Anéis!! Hahah..
    Tô aqui viajando junto com vc, lendo os posts! XD

    Responder
  6. Anonymous

    Lindas as fotos,parecem quadros!
    bjs
    mariana

    Responder
  7. q paraíso…o visual é incrível…e q bom q subiram: vista espetacular.

    fiquei imaginando o cheiro de chocolate..ai ai

    /(,”)\\
    ./_\\. Beijossssssssss
    _| |_┌──»ʍi૮ђα ツ

    Responder
  8. Scheyla

    Que vista!! Eu tenho que ir pra Suiça kkkkkkk simplesmente maravilhoso!!
    bjus

    Responder
  9. É um Monet ali?

    Responder
  10. Deu pra notas que estou lendo os posts da viagem meio que a prestação né? Mas não vou perder nenhum.

    Devo estar me repetindo: Que lugares lindos! São como fotografia de filmes ou melhor: fruto da imaginação de um bom livro.

    Melhor mesmo é estar lá!

    Responder
  11. Aurélio Carvas InsticK

    Estava procurando fotos relativas ao local e cheguei aqui, Suiça é cara, não é viagem para quem não está com dinheiro folgado no bolso, a obra dos ingleses para fazer alguém chegar ao cume do Youngfrau sem ser alpinista, de cremalheira, não podia ser barata, e o pior, ir na região e não poder apreciar do topo acima do Eiger as três pátrias embaixo é como ir a Roma e nem entrar no Vaticano, porque tem fila grande, ver o Papa seria pedir demais, ao menos puderam ver a pérola chamada Grindwald, Vale de Grindel. Não aconselho a juventude a ir para esses lados, Suiça e Itália são caras, a França possibilita mais espaço de movimentação barata e comer sanduba na rua, Portugal não existe, Espanha só Barcelona e mais alguma coisa. Holanda linda e cara, Bélgica dois ou três lugares, obrigatório Bruges e talvez Gand, Bruxelas é descartável. No mais Austria e Alemanha, mas é preciso dinheiro para ir na Suiça.

    Responder
  12. Caro Aurélio,
    Minhas viagens são todas no estilo mochilão, dormir em albergue, refeições baratas, eu não sei muito bem qual estilo de viagem é o seu, mas pelas minhas fotos, vc pode bem observar que passei muito bem, obrigada!
    Acho que há sim cidades caras, mas o aproveitamento vai de cada um, seja num hotel 5 estrelas ou num albergue

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *