Minhas leituras até agora…

No começo do ano eu tinha prometido a mim mesma que com mais amor, eu iria retomar minhas leituras. Eu estava muito relapsa com isso o que me fazia me sentir mal porque pra mim, era um tempo que eu acabava perdendo com qualquer besteira que não me trazia benefício algum. Nesse post aqui, junto com o plus de uma pesquisa que diz que ler melhora o sono e diminui o estresse, eu finalmente tomei vergonha na cara e voltei pros meus amados livros – que agora com a mudança pra um apartamento maior estão ocupando lindamente quatro prateleiras enormes na sala. Sou adepta aos livros propriamente ditos, gosto de sentir o peso, o cheiro das folhas misturadas com a tinta, não gosto de kindle e em termos de praticidade, isso não é muito vantagem pra mim.

Mas estou tão orgulhosinha de mim mesma porque, tirando o período de março e abril – que foram os meus 38 dias de viagem, eu já li 6 livros até agora. A média está boa – um livro por mês (sendo que um deles, eu li em menos de 3 dias) e tudo que eu preciso fazer é continuar nesse ritmo que está ótimo, está perfeito, está redondinho. Bem, como alguns deles eu já fiz a resenha anteriormente aqui no blog, pra esses eu vou colocar apenas o link… Dos outros, eu vou fazer um breve resumo porque acho que livro é uma coisa tão pessoal quanto perfume, enfim… São esses aqui:

seguindo pela ordem de leitura

seguindo pela ordem de leitura

A Culpa é das Estrelas – John Green eu fiz a resenha nesse post aqui e foi o primeiro de 2014. No começo do ano parecia uma eternidade pra estreia do filme que já está nos cinemas, mas eu ainda não vi. Mesmo assim eu sempre aconselho: SEMPRE leia o livro e depois veja o filme.

Livre – Cheryl Strayed falei bem rápido dele neste post aqui que foi dois dias antes de eu viajar. E eu precisava terminar esse livro antes da viagem porque além da história ser fantástica e ter a ver com o assunto, tem muito a ver também com essa busca de sempre conhecer novos lugares e testar nossos limites. Esse pelo que li vai rolar o filme (Wild), mas ainda não sei pra quando.

O Oceano no Fim do Caminho – Neil Gaiman até então o único livro que eu tinha lido do Gaiman era Coraline, esse foi por incentivo do marido que conta a história de um homem e suas lembranças de infância aonde abordam muitos assuntos que todos são contatos daquela forma bem fantasiosa que, quem conhece bem as obras de Neil Gaiman, compreenderá o que estou falando. Leitura mais que recomendada.

Os Filhos de Anansi – Neil Gaiman daí o Rick disse que se eu gostasse de Oceano no Fim do Caminho ele me indicaria outro e continuei com esse na sequencia. O livro conta a história de Fat Charlie que não tinha uma relação lá muito amigável com seu pai. Depois com o pai falecido, Charlie descobre que tem um irmão e também descobre que seu pai é Anansi, o deus-aranha. Não sou muito boa com resenhas, mas escrevendo assim, parece que o livro é de uma história totalmente viajada e sem noção. Mas não é. Neil Gaiman tem o dom de misturar o real com o imaginário e deixar tudo ao mesmo tempo simples de ler.

Quem é você, Alasca? – John Green acho que já deu pra perceber que me rendi aos livros dele, né? Este eu li em menos de 3 dias, nos meus momentos de insônia. Conta a história de Miles, colecionador de ultimas palavras, que nunca teve amigos e decide ir pra um colégio interno em busca do seu “grande talvez”, lá ele faz novos amigos e conhece inclusive a Alasca, que por algum motivo, em determinados pontos no livro eu simplesmente a odiava ahahahah, e embora seja um best seller juvenil, a história no seu conteúdo e principalmente no desfecho, não deixa nada a desejar e te faz pensar naqueles muitos pensamentos clichês que todos nós temos.

Cidades de Papel – John Green este eu ainda estou lendo, comecei essa semana então não tenho muito o que escrever sobre ele ainda… exceto pelo fato de sim, estou gostando bastante. Além do que, também não vou ficar procurando resenhas sobre ele, pra eu não tomar um spoiler de graça e ficar com cara de concha depois. Mas até agora, gostei muito dos livros de John Green.

Então é isso. Dada a largada de 2014 até agora, essas foram as minhas leituras que eu resolvi dividir com vocês, aliás, usem os comentários pra indicações também, pois eu gosto mais ainda quando os livros são recomendados.

Juliana Esgalha Post por