“Mas e o Ozzy?”

Divo, lindo, muso, gostoso, meu bebezão… Meu sonho realizado quando minha vida toda sempre quis ter um cachorro e aproveitando pra dar notícias do Ozzy vou falar novamente de um assunto que já comentei aqui.

ozzy

“Mas e o Ozzy?” Sempre me perguntam isso, com alguns amigos isso já até virou piada, com outras pessoas é uma pergunta indagadora e num tom até acusatório como se simplesmente eu tivesse esquecido dele. Mas… (respira, Juliana) eu vou explicar (de novo) porque sou bem legal:

Como de semana ele já ficava com meus pais e no fim de semana comigo, agora – com os gatos, ele fica definitivo com meus pais (nós moramos super pertinho e vejo ele quase todos os dias). Na casa dos meus pais ele tem mais espaço, suas coisinhas, seus hábitos, é o Rei da casa. Ozzynho está com 8 anos (já tem barbinha branca – como podem ver na foto) e não houve uma adaptação muito lá amigável com os gatinhos, aliás, depois de muito tentar, eu entendi que isso foi algo totalmente compreensível, ainda mais pra um cachorro já adulto que nunca na sua vida conviveu com outro bicho.

Como ele sempre foi muito apegado aos meus pais (e vice e versa) não teria sentido eu forçar a convivência aqui em casa aonde tanto os gatos, como ele próprio ficariam estressados, magoados, causaria brigas e acho que os animais não precisam disso (deixem essa parte para os humanos desprovidos de bom senso, o Facebook é o limbo pra isso). Mas ai vem as perguntas, geralmente num tom idiota e com uma pitada de maldade:

“Você não tira mais tantas fotos do Ozzy”
É sério nunca nem foram “tantas” fotos assim, ele odeia fotos da mesma forma que odeia quando alguém pega na sua pata, tirar fotos do Ozzy era de 100 pra 1 ficar boa. A não ser que ele estivesse dormindo.

“Agora que vc tem gatos, o Ozzy nem aparece mais”
Acho que com tudo que já expliquei acima, (sem obrigação alguma, aliás) já responde por completo e definitivo esse comentário ou eu ainda preciso desenhar?

É muito chato isso, porque as pessoas que não cuidam da própria vida, se acham no direito de cuidar da vida dos outros, especulação é algo tão chato e eu abomino tanto isso porque partindo do pressuposto que eu não faço isso com ninguém, eu não vou admitir que façam isso comigo. Isso é só um exemplo, mas tenho certeza que todo mundo que ler esse post vai entender o que quero dizer e se identificar em alguma outra situação. Ao contrário de muita gente quando tem um bicho de estimação, eu jamais abandonaria uma cria minha. Jamais deixaria de amar ou simplesmente “esqueceria” como já deram essa suposição pra mim e sim, dependendo do tom do comentário e principalmente de quem comenta, eu não deveria, mas é claro que me incomoda (esses eu até deleto mas com aquela vontade louca de mandar tomar no meio do cu), do contrário, eu não estaria aqui colocando alguns pingos nos “is”. De qualquer forma estou mais uma vez deixando claro, e se mesmo assim ainda restar dúvidas (leia-se especulação, also known as falta-de-um-tanque-de-roupa-pra-lavar), eu posso passar a conta do veterinário, o nome da ração Premium (é claro) que ele come, dos bifinhos, das frutas que ele mais gosta, enfim… Já aproveito e mando junto com as minhas contas do mês também, pq aquela máxima que dizem: é mais fácil conviver com bicho do que gente, nunca fez tanto sentido – principalmente em situações como essa.

13 comentários Comentário

  1. Nanaka

    Ta na cara que quem fica perguntando tanta coisa não te conhece nada, né Ju!!! Gente chatazzzZZzzZ o Ozzynho tem o jeito dele, não gosta de fotos mesmo hahaha e nem do Polaco ele gostou muito 😛 Bjs nos 4 filhotes!!

    Responder
  2. Elisa

    Tem gente que, só desenhando mesmo, Ju!
    Eu amo demais o Ozzy, aliás, não tem quem não amem os Daschund, e sinto falta da cara blasé! Mas também amo seus gatinhos e nem vou dizer qual é o meu preferido pra não rolar ciúmes! kkkkkk.
    <3

    Responder
  3. Raquel

    Adorei Ju!!! 🙂

    Responder
  4. Hahahhahahahah eu preciso ler seus outros pots, mas tinha que comentar nesse. Eu ja vi algum comentário desse no seu instagram qdo eu mesma ia comentar ou curtir uma foto. Teve uma vez q deu vontade de perguntar pra pessoa se ela não tinha noção (essa eu não esqueço pq o comentário foi q vc não postava mais fotos do Ozzy). Tem gente q não tem senso nenhum, né? E é bem oq vc disse: eh difícil adaptar un animal q viveu a vida toda sozinho e forçar isso só iria dar stress desnecessário pra ele e pros gatos. E meo, ele ta la feliz, lindo e saudável e a galera de comentário zoado….vc tem muita paciência, isso sim!

    Responder
    1. Juliana Esgalha
      Juliana Esgalha

      ahahuauhahuahuauhauha então vc sabe de quem são! é muito sem noção né?

      Responder
  5. Vem cá? Se o Ozzy tira fotos ou não o que o povo tem com isso? Olha ultimamente estou evitando ao máximo ler determinadas coisas para não me irritar. Sempre falo! Por que cada um não cuida da sua própria bunda, ao invés da bunda alheia, em todos os sentidos? Já mando tudo para #%%>?,~£¥¥

    Responder
    1. Juliana Esgalha
      Juliana Esgalha

      eu tbm tento evitar ao máximo, mas né… SEMPRE tem um FDP ahauhauhahuahuauh

      Responder
  6. Bia

    Eu já fiz essa pergunta, mas a minha intenção era mesmo só saber dele, de como estava se dando a logística, porque eu até já sabia que ele ficava na casa dos seus pais durante a semana. Eu aprendi a gostar de gatos e sempre cogito aqui em casa em adotar um, mas como cê sabe tenho SJ e VR aqui, e sempre tive curiosidade de como se dá essa convivência e perguntava também porque amo dogs, acho ele lindo e gostava de ver as fotos de vocês, nunca tive o intuito de especular, mas se alguma vez te irritei deixo aqui meu pedido de desculpas.
    Beijos <3

    Responder
    1. Juliana Esgalha
      Juliana Esgalha

      Bia, nunca foi de vc… Ainda mais de você que eu sei e te conheço muito bem, pra jamais vir esse tipo de pergunta. Tem diferente entre perguntar E perguntar e eu te conheço e sei muito bem que no seu caso, era só questão de duvidas mesmo, até pq vc anda de olho em gatinhos… O lance é que veio muita gente no tom de maldade e antes mesmo de perguntar dizia que eu “tinha esquecido do Ozzy”, muito injusto isso né? Mas de vc, (logo vc) eu jamais acharia isso, minha nega ordinária. Beijo

      Responder
  7. Oi Ju!
    Eu já perguntei do Ozzy, mas eu juro que nunca foi na intenção de julgar. Foi apenas porque eu amava ver as fotos dele e senti falta. Hahaha Mas eu fico muito feliz de saber que ele está bem e que você mora pertinho dele, podendo matar as saudades sempre. Seus novos filhos são super lindos e eu acompanho da mesma forma porque bichinhos são amor! *—*
    Beijooo!

    Responder
    1. Juliana Esgalha
      Juliana Esgalha

      Rê, fique sussa, não é pra vc tbm. Quem eu me referi provavelmente nem lê meu blog, mas vive especulando a vida (minha e de mais uma porrada de gente) ahahahaha
      Beijo

      Responder
  8. Priscila

    Como ele tá lindo, gente! A barbinha branca só acrescentou charme a mais!
    Não liga pros comentários dos maldosos, Ju. Você o ama tanto quanto ama os gatinhos, e só quem te conhece bem (ou te admira por infelizmente ainda não te conhecer pessoalmente hehe) sabe disso. O que os outros pensam ou falam de ruim é apenas problema de gente mal resolvida!

    Beijo pra ti, pros gatinhos liiiiiiiindos e pro Ozzy também!
    Pri

    Responder
  9. Scheyla

    Affs, ultimamente tem que ficar dando satisfação de tudo, ô coisa chata!!
    O Ozzy continua a mesma fofura de sempre, parece q foi ontem que vc postava as fotos dele pequenininho no blog… como passa rápido, mds!!
    bjus

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *