10 coisas aleatórias sobre mim…

bird_blog

10 coisas aleatórias sobre mim. Outra brincadeira que rolou no Facebook há um tempo atrás (quem me mandou foi minha amiga maravilhosa e afilhada – Veridiana) e que resolvi colocar aqui, gostem ou não, esta sou eu:

1 – Sou uma pessoa provida de uma sinceridade digamos assim… Cargo sênior no assunto. Isso pode parecer uma qualidade, mas muitas vezes é um defeito também, porque né… Nem todo mundo quer realmente uma verdade quando pede por uma, em contra partida, muitas pessoas chegam até mim já dizendo: “vou perguntar pra você, porque sei que sua resposta será sincera.” Por muitas vezes, é claro que engulo e fico no silêncio – mesmo me coçando pra não responder, mas em outras situações quando vi, PLOF! – Eu já falei. É lógico que existem modos & jeitos, normalmente é sinceridade+delicadeza, mas em outras é uma mistura de sinceridade+sarcasmo+grosseria. Certa vez uma Botero perguntou sobre uma dieta que eu estava fazendo e depois que eu respondi “não pode” pra algumas coisas óbvias que não se comem em uma dieta; como doces e refrigerantes, ela me diz: “ah mas não consigo cortar isso” e eu, trabalhada na sinceridade, respondi: “então continue gorda”, meu marido quase se escondeu em baixo da mesa nesse dia, mas ele sempre diz que isso é um ponto positivo em mim… Que bom, néam?

2 – Minha prioridade na vida é viajar, minha meta é de fazer uma viagem por ano (claro que se eu pude$$e faria muito mais), meu maior sonho é conhecer o mundo. Gosto de conhecer novos lugares, pessoas, cheiros, culturas, histórias, estilos diferentes… Me encanta conhecer aquilo que eu só via em livros ou televisão, me encanta essa sensação de olhar em volta e dizer: “agora sim, estou bem longe de casa”, é como se eu tirasse os pés do chão e fosse capaz de voar. Gosto dessa sensação de que tudo é muito mais quando dizem “que mundo pequeno” e de ver de perto como as coisas são – por experiência e aprendizado próprio, gosto de viajar porque pra mim, eu vejo isso como uma autoafirmação – de um ponto chamado Juliana em algum lugar do mundo, é como se fosse um objetivo que tenho… Pra quando um dia, eu olhar pra trás, poder estampar um sorriso de satisfação no rosto e ter a certeza que minha vida valeu a pena. E sim, Londres é meu lugar no mundo, amo aquela cidade com todo meu coração – me lembro de cada segundo que estive por duas vezes lá, mas meu inglês nem de longe tem um sotaquezinho britânico (em nada) e eu lamento muito por isso.

3 – Daqui dois anos terei minha cidadania italiana, mas tecnicamente, em termos de nacionalidade, o Ricardo já é “responsável” por mim nesse sentido.

4 – Gosto de macarrão al-dente-pro-cru com pouco molho, odeio mel, acho que uva passa é algo totalmente dispensável no mundo, não descasco bananas (não me perguntem o porquê, simplesmente tenho uma gastura absurda e inexplicável), sou demente por doces (mataria alguém por chocolate em dias de TPM), não sei cozinhar, mas até que me viro com dignidade na cozinha, porém o que gosto mesmo é de comer (rá, sô esperta) e não sou fresca com comida, contanto que não se mexa no meu prato ou esteja sem a cabeça – eu como sem cerimônias, gosto de experimentar culinárias diferentes.

5 – Sou aficionada por trilhas sonoras de filmes, uma das primeiras coisas que sempre presto atenção. Muitos filmes já me ganharam mais pelas músicas do que pelas histórias e acho que tenho mais de 50 trilhas sonoras completas de filmes no meu iPod. Também tenho TOC em anotar as frases mais legais de alguns filmes.

6 – Embora eu esteja um pouco relapsa com minhas leituras, eu realmente amo ler. Gosto de histórias medievais, romances bem contados daqueles que você precisa ler com uma caixa de lenços e terror… Se uma história me prende, me esqueça porque eu desligo mesmo do mundo. Já li bastante histórias de terror, mas o ultimo digno de sustos que li foi “A Hora do Vampiro” do Stephen King (e isso já tem uns 4 anos) e desde então, não encontrei outro de terror que fosse tão bom ou melhor quanto esse (aceito sugestões).

7 – Embora eu tenha fobia de voar de avião, eu já saltei de paraquedas em 2001 (época que não tinha ainda essa fobia, nos meus 20 e poucos anos), mas hoje admito que não teria mais culhão pra isso. NO WAY!

8 – Sou teimosa, minha paciência – se eu fosse descrever em poucas palavras, eu diria que é um fio desencapado, principalmente pra pessoas burras, as que se fazem de burras e principalmente pras que se acham (só acham) que são espertas. Dependendo da situação não perdoo mais de uma vez, pego birra quando não gosto e não consigo fazer cara de paisagem quando algo ou alguém não me agrada. Sou 8 ou 80 – amo ou odeio na mesma intensidade que me apego ou desapego. Não sei nadar. Sou desastrada e tenho dislexia pra muitas palavras (não sei falar muçarela logo de primeira, sempre sai muCHArela ahauhahuahuahua). Sou péssima com exatas, até as contas mais simples de cabeça eu não sei fazer. Sou extremamente ansiosa, pra tudo! Reclamo mesmo se sou mal atendida em algum lugar, sou boca suja e muitas vezes isqueirinho também, não consigo raciocinar ou conversar logo que acordo, as vezes quando me empolgo com algum assunto eu falo alto demais, mas também aprendi que algumas coisas não valem o meu stress ou um segundo sequer do meu tempo e pra isso eu já vomito logo um foda-se em cima, mando todo mundo tomar no cu e saio andando, porque dizer os defeitos (não todos, é claro) são tão importantes quanto as qualidades nesses “saiba mais sobre mim” eheheheheh.

9 – O show mais incrível e mais fuderoso da minha vida foi o da Madonna em 2012. Show este, que esperei praticamente a minha vida inteira pra ir e Madonna – que sou fã desde criança. Esse dia me marcou muito porque eu cantei, pulei, chorei, gritei, conheci pessoas queridas e quando vi Madonna, pela primeira vez ao vivo – a menos de 3 metros de mim, achei que por um momento simplesmente não fosse ela alí, é… As vezes a ficha demora a cair, néam?

10 – Deixei aberto esse post pra alguns amigos e não pra todos da minha lista, uma porque eu não confio em todo mundo, mas as vezes tenho que manter aqui por educação – porque “mimimi mas vai ficar chato se você deletar” e outra porque coisas da minha vida ou sobre mim, só irá saber quem realmente eu confio/gosto/considero e se você está lendo isso, ótimo… Você é uma delas.

Juliana Esgalha Post por