Arquivo

Madri

Posts em Madri.

Backpacker: Madri

espanha

Vou começar os posts de viagem seguindo exatamente a sequencia do roteiro que fiz, então hoje vou falar sobre Madri que foi o start dessa viagem. Madri é uma cidade sensacional, vibrante, incrível… Chegamos no começo da tarde lá e pelo aeroporto mesmo você tem acesso a linha de metrô, dá pra fazer aquele esquema de comprar um bilhete adequando com numero de dias que você ficará na cidade e isso pra quem está turistando, é uma mão na roda, econômico e prático.

Essa viagem começou com um pequeno imprevisto: muito possivelmente a dona do hostel em que íamos ficar, deve ter enfiado a nossa reserva no cu, então quando chegamos lá ela disse que simplesmente não tinha um quarto pra gente… Cara, que vontade de matar, ainda mais pra quem tinha feito uma viagem de avião de 10 horas. É por isso que sempre digo: tenha sempre um plano B. Na verdade não tínhamos esse plano ahauhauhauhauh, mas como o Marcelo e Lau já estavam na cidade, pedimos pra encontrar com eles alí e de lá fomos pro hotel em que eles estavam hospedados e no fim, por questão de sorte também, deu tudo certo.

Madri é uma cidade incrível, ficamos bem no centro então era muito fácil ir de um lugar para o outro e visitamos bastante coisa: Parque Del Retiro, Praça de Touros, Plaza Mayor (que é linda e me lembrou muito a Praça São Marcos de Veneza), Palácio Real, Gran Via, Puerto del Sol – que pra mim, são os lugares que estando em Madri você tem que conhecer… Sem contar que é muito fácil ir de um lugar pro outro, tanto a pé como metrô, mas pra quem tem disposição e gosta de andar, dá pra fazer tudo a pé – o que eu acho muito mais legal.

c24aaf62ab0011e3b74b1270dd981a11_8

A culinária em Madri é um caso de amor à parte, do meu ponto de vista eu acho impossível comer mal naquela cidade. Juro. Não é caro, tem muita opção de restaurante e aqueles lugares especializados nas famosas tapas, cafés, enfim… Então seria uma vergonha alguém dizer que foi pra Madri e viveu de fast food. Quando chegamos, na primeira noite saímos a caça de algum lugar que servissem tapas e realmente são muitas opções, escolhemos um que chama Taberna Extremeña – lugar simples, mas muito aconchegante e comida maravilhosa, ah – vinho também é muito barato. O dono do lugar era muito educado e muito engraçado, nos recebeu super bem, assim como todos os espanhóis: todos foram muito educados e gentis conosco (tirando a vaca do hostel que enfiou minha reserva no cu), mas Madri em matéria não só de pontos turísticos, mas principalmente quando o assunto é gastronomia pode ter certeza que você está muito bem servido.

Na ultima noite, fomos em um restaurante que é especializado em paellas e é considerado o melhor da cidade. Chama La Barraca e eu não sei se é o melhor da cidade porque não comi em outros, mas é a melhor paella que já comi na vida! Foram poucos dias em Madri, mas nos divertimos demais e deu pra conhecer bem e se apaixonar pela cidade logo de cara, ficaria mais dias se pudesse e certamente voltaria. Acredito que seja um lugar ótimo pra morar também, pois é bem estruturada em todos os aspectos. Acho que deu pra notar o quanto eu gostei dessa cidade logo de cara né?