Vacinação em viagens: Peru

Importante saber: se você vai para o Peru e irá visitar lugares como Machu Picchu (o que é praticamente óbvio) você tem que tomar a vacina contra a Febre Amarela e levar a CIV (Carteira Internacional de Vacinação) emitida pela ANVISA.

Como planejamos toda a viagem por nossa conta, desde passagens até hospedagens, não encontrei nenhuma informação detalhada sobre isso, nem em blogs de viagens que falam muito sobre o Peru, na verdade eu acabei achando essa informação na cagada. Acontece que quando pesquisei mais a fundo, eu li todo tipo de comentário: que é obrigatório tomar a vacina com no mínimo 10 dias antes da viagem (o certo), que você pode tomar mas, as vezes (?) nem pedem isso lá ou de gente que foi e nem tomou a vacina.

O certo é: tome a vacina para a Febre Amarela. É um autocuidado, uma prevenção. Me informei sobre a vacinação em um posto aqui perto de casa e a enfermeira me orientou que seria interessante eu tomar contra Hepatite e Tétano também. O fato é que, hoje fui ao posto aqui do centro de São Caetano pra isso e, além da Febre Amarela e dessas que citei, também já me imunizei contra Sarampo, Caxumba e Rubéola (essas são as 3 numa dose só) e fiquei em dia com outras vacinações.

Pro Peru, a única que eles pedem é contra a Febre Amarela, essa você tem que ter e precisa estar registrada no Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia da ANVISA, não vale carteira nacional daqui (se você está planejando seu roteiro por uma agencia de viagens é certeza que eles vão te informar isso).

Como fazer isso?

É super simples, você entra nesse link da ANVISA, clica em novo cadastro e preenche esse formulário:

 photo anvisa_zps20c4dac1.jpg

É super intuitivo, não tem como errar, depois o site já te direciona pro ‘Roteiro de Viagem’ onde você seleciona a saída e país de destino, fazendo isso, você já está cadastrado no site da ANVISA e, se não me engano o cadastro tem validade por 10 anos.

Depois disso, você procura um posto de saúde mais próximo que disponibilize a vacina contra Febre Amarela, aqui em São Caetano não paguei nada por nenhuma que tomei. É através da carteirinha de vacinação nacional que você irá obter a internacional, valida pro país que você irá viajar. Ela é assim:

 photo civ2_zps01f0a5ef.jpg

 photo civ11_zps291ae911.jpg


Aonde retirar a CIV?

Em São Paulo, até no Aeroporto de Congonhas emitem, aqui tem uma lista dos locais de São Paulo para se fazer isso e nesse link aqui, pra todo o Brasil.

É importante se vacinar. Não ‘só’ pela imunização, mas também para não te barrarem em algum passeio e acabar melando com sua viagem. Vou até mais além: se você não está mais em dia com suas vacinas, eis uma hora boa pra colocar isso nos trilhos. Já faz tudo de uma vez, mas nada melhor que se informar sobre isso no próprio posto de vacinação. Pro Peru a vacinação contra a Febre Amarela é, sim, obrigatória. Vacine-se, carregue a carteirinha junto ao seu passaporte e boa viagem.

2 comentários Comentário

  1. q saudade q tava daqui…poxa, seu blog não aparece nas atualizações do meu, já tirei e coloquei várias vezes, e não tem jeito, não atualiza, fica lá embaixo de tdo, daí geralmente só visito os mais recentes e tal, na correria do dia a dia e qdo vejo, já foi…

    enfim, estou aqui e chego num dia de post super legal. ótima dica, pois tenho maior vontade de ir a machu pichu…bom q sei q teria altas dicas…..

    Beijosssssssssssssssss
    ┌──»ʍi૮ђα ツ

    Responder
  2. Anonymous

    Oi!
    Esse post foi super bom pra mim e veio numa ótima hora, e vim falar da minha experiência, talvez possa ajudar alguém ! Seguinte, eu vou pra Aruba dia 28 deste mês. Li em 9897937 lugares d q não é necessária a vacina (inclusive no site da Anvisa tb diz q não é preciso) porem meu voo passa por Caracas. Vi na maioria dos sites q não pedem, mas achei 2 lugares onde a pessoa diz q aqui no Brasil pediram a carteirinha internacional com o comprovante da vacina. Essa solicitação é totalmente descabida, já q não descemos em Caracas, ficamos no avião. Mas na duvida, em me deparar com algum funcionário assim, resolvi tomar. Mesmo pq dura 10 anos e numa próxima viagem pra algum destino q precise, esta parte já estará resolvida.Através da sua lista preferi já ir tomar vacina em um lugar onde já emitissem a carteirinha internacional. Fui no hospital Emilio Ribas, na Dr Arnaldo. A sra q estava atendendo era meio perdida, mas deu td certo. Fomos na quarta feira desta semana e estava cheio pois lá estão dando tb a vacina da gripe. No final deu td certo! Obrigada pelas infos, me ajudaram bastante!
    bjs
    Mariana

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *