29 jan, 2018

as metamorfoses do blog

Esse blog já passou por tantas transformações. Eu, pessoalmente, passei por muitas transformações desde quando comecei a escrever aqui, lembro bem quando um amigo falou sobre blogs lá em meados de 2001 e eu resolvi criar um. Comecei com uma plataforma que era ruim pra caramba (o weblogger, quem lembra?), não tinha nada do que tem hoje, depois fui pro blogger da globo, mais pra frente fui pro blogspot e só há poucos anos atrás, com a ajuda da Lya, que mudei pra plataforma do wordpress e passei a ter meu o próprio domínio.

Durante todo esse tempo, eu tive todo tipo de layout que vocês podem imaginar e me arrependo amargamente de não ter salvado os banners que eu colocava porque eu tenho certeza que além de saudade, hoje isso renderia boas risadas. Quando ainda nem era Miss American Pie eu cheguei a fazer um layout com a foto do Supla (?!?!?), era todo preto (carregadíssimo) e outro do Bruce Willis… O Bruce Willis, gente!!!! AHAHAHAHAHA… Do Supla por exemplo, não é porque eu fosse fã dele, mas tinha encontrado uma foto legal e resolvi colocar, só por isso. Eu não tinha muito critério (pensando bem, acho que nenhum…), quase ninguém tinha naquela época e esse era o divertido de ter um blog, depois (não me lembro quanto tempo depois), adotei o Miss American Pie como título e desde então foram anos usando banners só com o tema Madonna (em alusão a música), meu Deus e foram tantos… Tinha Madonna por todos os lados, em todas as fases, de todos os jeitos. E mais uma vez quando penso nisso me arrependo muito de não ter salvado as imagens dos banners. Esses são os mais antigos que não são tão antigos assim, que eu consegui encontrar, acho que nessa época eu já estava no shejulis.com:

E não sei se vocês notaram, mas eu mudei novamente o banner aqui do blog (!). Só que esse, especialmente esse, foi euzinha que fiz. E sozinha! Olha, eu já aprendi muitas coisas esse ano: instalar temas, criar banners usando o Photoshop, consegui até instalar o SSL que estava dando erro… Eu nunca tive noção alguma de criar, mudar ou editar essas coisas, só faço o básico do básico mesmo, embora as ideias sempre aparecessem na minha cabeça, foi sempre a Lya que executou tudo pra mim e como eu disse no outro post das prateleiras: nada que um vídeo de tutorial no youtube, paciência e vontade de fazer não te ensine. Próxima meta agora é aprender a tomar café sem açúcar ahahahaahahah, mas o fato é que esses dias eu fiquei tão concentrada em ficar aprendendo e fazendo essas criações que acabou, sem querer, sendo uma terapia enorme pra mim e em casa também não está sendo diferente quando estou off. Como durante o meu trabalho eu fico boa parte do tempo na internet, é bem complicado as vezes administrar o chorume que vem de todos os lados, seja em notícias ou nas pessoas se espinafrando em volta e nessas ultimas semanas, eu deixei tudo isso de lado e descobri que essa veia criativa de “artesanato virtual” além de me ensinar diversas coisas, me fez um bem danado.

O banner do momento não é muito diferente do anterior, mas é que sou apaixonada por lavandas e agora estou numa fase, comparado aos outros layouts, muito mais clean por assim dizer. Eu não posso deixar de sempre agradecer a Lya, que além da minha maior incentivadora a continuar a escrever e deixar o blog com a minha cara, sempre me ajuda quando eu preciso de um help e olha que eu admito que encho o saco dela pra caramba com esses assuntos. Lendo agora, eu percebi que escrever isso aparentemente parece ser tão bobo, tão normal, mas com tudo na minha vida eu procuro tirar grandes lições, principalmente nas pequenas coisas e muito provavelmente de hoje em diante todos os banners que vocês irão ver, serão de minha autoria e quando aparecer coisa nova (inclusive os posts, é claro) podem ter certeza que foi um tempo altamente terapêutico que eu dediquei a mim, então por mais bobo que pareça, há uma importante relevância nisso. 🙂

Juliana Esgalha

Tags: ,

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário