Posts marcados na categoria Seriados

19 set, 2018

Por quê todos deveriam assistir Anne With An E?

É fato que neste blog, de uns bons tempos pra cá, eu escreva muito mais sobre livros a seriados. O que não quer dizer que eu não ame mais os seriados porque de todas as programações que assisto na tv, 90% são seriados. Eu tô há semanas pra escrever sobre Anne With An E – um seriado maravilhoso que a Netflix colocou na grade há um tempinho e que está na segunda temporada, mas só agora consegui falar sobre, portanto se você quer começar um seriado que ainda tem poucas temporadas eu recomendo fortemente Anne.

Meses atrás, alguém que não me lembro quem, me recomendou: “Ju, assiste Anne, você vai amar a história e a personagem ama livros assim como você!” e isso foi o suficiente pra me convencer de começar (eu ainda tô com um monte de seriados pra botar em dia, então as vezes fico um pouco relutante em começar mais um).

A história é do livro “Anne of Green Gables de L.M. Montgomery” e o roteiro já foi adaptado para vários filmes que basicamente conta a história de uma menina orfã de 13 anos que depois de muito passar por vários perrengues é adotada por um casal de irmãos, ambos são solteiros. Anne, sua infinita imaginação e intelecto, vai transformar a vida de sua família adotiva e da cidade que lhe abrigou, lutando assim pela sua aceitação e pelo seu lugar no mundo.

Eu me apaixonei pela série logo no primeiro episódio porque logo na primeira cena, Anne cita uma frase de Jane Eyre – grande clássico de Charlotte Bronte que eu amo de todo coração. Aliás o seriado todo é envolvido com o lado doce, dramático (muito! rs) e super romântico de Anne, é uma menina que vê o mundo e as coisas de uma forma muito mais poética, bonita e delicada e isso faz com que ela também sofra em muitas situações, mas que ensina a nós mesmos a enxergar tudo com melhores olhos. Além do que o seriado aborda temas muitos fortes como: feminismo, racismo, LGBT, bullying de uma maneira muito delicada, MAS muito FORTE ao mesmo tempo. Engraçado que são temas ainda tão atuais pra gente no mundo de hoje, mas que vem de uma história que foi publicada em 1908. Pensem em tudo isso com uma dose maravilhosa de filosofia, literatura e imaginação que faz a gente refletir sobre muitas, muitas coisas. A fotografia e caracterização é algo que vale muito a pena ser mencionado porque é extremamente bem feita e bonita. Mas sobretudo é a coragem e a delicadeza que faz esse seriado, valer a pena de ser assistido.

Eu estou na segunda temporada e ontem eu assisti o episódio 7 – “Memory Has a Many Mood as the Temper” e para mim, até o momento, foi o mais emocionante de todos. Acho que desde a ultima temporada de This is Us (Deus, como eu choro ehehe) que eu não me emocionava tanto e fiquei tão chorany com esse que fui dormir pensando nele.

Se você, assim como eu, já assiste uma porrada de seriados e precisaria de uma vida extra e dias de 50 horas pra acompanhar tudo, coloque Anne With An E na sua interminável lista mesmo assim porque vale a pena. Se você quer assistir um seriado incrível, mas que ainda não tenha muitas temporadas: Assiste Anne. As produções do Netflix na sua grande maoiria das vezes, nunca me decepcionam e esse é o tipo de obra que a gente tem mais é que passar pra frente e incentivar todo mundo a ver, para que a história continue a ser produzida.

16 mar, 2018

Sobre This is Us

Há alguns anos eu tenho abraçado muito a preferência de assistir muito mais seriados a filmes. Eu não sei por qual motivo seja isso, mas pouquíssimos filmes tem despertado o meu interesse e eu sou uma telespectadora de séries assídua. Eu amo seriados. Recentemente comecei a assistir This is Us que já está na segunda temporada e finalmente agora decidi começar a ver, teve estreia no ano passado e eu não conheço nenhuma pessoa até o momento que não tenha se apaixonado por essa série. Eu pelo menos estou completamente apaixonada.

Eu digo que This is Us é uma série que todos nós estávamos precisando. Eu pelo menos estava. E TODO MUNDO deveria assistir, é sério. This is Us não tem nenhum tipo de vilão, heróis com super poderes, batalhas épicas, guerras travadas, tiroteios por todos os lados, efeitos especiais, crimes complexos ou intrigas, se você está procurando por isso, This is Us não é pra você. Não há absolutamente nada disso e ainda bem porque eu estou meio saturada desse tipo de receita de bolo pra seriados. O tema principal dessa série tão aclamada é: família. E embora dizendo assim pareça ser um pouco enfadonho, tudo é feito de uma maneira que talvez nunca tenha sido mostrado antes na televisão. Ao mesmo tempo que é uma série densa (eu choro em TODO episódio), tem uma leveza maravilhosa daquelas que deixa o coração mais quentinho e te faz até ter fé na humanidade num mundo tão sombrio ao pé que está o nosso ultimamente, por isso que eu digo que é uma série que todos nós estávamos precisando.

This is Us, como eu disse, é uma série sobre família e aborda assuntos como perdão, racismo, autoaceitação, escolhas e sobretudo o AMOR. A representatividade no meio de todos esses temas é muito bem feita e se faz necessária. O amor abordado não é desse amor do tipo que todo mundo já está acostumado a ver e mesmo com todos os clichês que a série também tem e que alí são extremamente necessários porque – apesar dos clichês, todos eles são colocados de uma maneira muito delicada e sublime e que nos faz uma maneira visceral pensar e refletir em cada novo episódio assistido, afinal, são coisas que acontecem com todos nós, o tempo todo.

Eu não vou ficar falando muito mais pra não correr o risco de soltar algum spoiler pra quem ainda não assistiu. Estou no episódio 11 da primeira temporada, então eu ainda tenho muitos lencinhos pra secar minhas lágrimas. Eu tô tão apegada em This is Us que ouso em dizer que muito possivelmente será o meu seriado preferido de todos os tempos, se você ainda não assistiu, dê uma chance e assista, tenho certeza que não irá se arrepender.

21 nov, 2016

Séries britânicas que amo e recomendo

Se eu for escrever sobre todos os seriados que assisto e já assisti eu teria que transformar esse blog em um blog só de séries. Assim como os livros, são muitos seriados pra pouca vida ehehe e ultimamente ando preferindo assistir séries a filmes. Eu gosto muito de seriados britânicos, mesmo que a produção não seja total britânica eu me refiro a história em si mesmo, aliás, acho que esse gosto é até por motivos óbvios porque, desde sempre vocês sabem que eu sou apaixonada pelo Reino Unido e toda a história que o envolve, então fiz uma listinha pequena (mas modesta) de alguns seriados que já vi e outros que estou acompanhando pra vocês:

Downton Abbey

20160614152146_programa-downton-abbey

“A série se passa em sua maior parte em uma propriedade, localizada em Yorkshire, e segue a vida os Crawley, uma família aristocrática inglesa, e os seus criados, no início do século XX, a partir de 1912. Já ganhou alguns prêmios também: entrou no Livro Guinness dos Recordes de 2011 como o “programa de televisão em língua inglesa mais aclamado pela crítica” do ano, no qual também recebeu o título de melhor minissérie no Emmy. No ano seguinte, venceu na categoria melhor minissérie ou filme para televisão no Globo de Ouro.” (wikipédia)

8yo7k

giphy

Downton Abbey é o must have quando se trata de seriados britânicos. Tem 6 temporadas e DA eu assisti muito rápido porque a história é incrivelmente envolvente. Quando eu estava assistindo eu sempre dizia ao Rick que era a nossa novelinha das 10 ehehehe. Me emocionei em muitos momentos, todos os personagens eram fantásticos e mesmo quando no meio da história uma das atrizes desistiu de uma personagem que era até relevante pra trama, a produção não perdeu a mão com o fio da história. Entrou pra minha lista de séries favoritas e quando terminou eu entrei numa DPS (Depressão Pós Seriado) e me senti orfã. No começo do ano, li algumas notícias informando que supostamente a série poderia virar um filme e estou torcendo pra que isso se concretize. Pra quem ama histórias da aristocracia inglesa, Dowmton Abbey é um prato cheio.

Call The Midwife

8jasuxc6m4njhhhkwn2pmwno83q

Call the Midwife é uma série de televisão britânica criada por Heidi Thomas, baseada nas memórias de Jennifer Worth no leste de Londres em 1950 que conta a vida das parteiras que viviam e trabalhavam naquela época.

tumblr_o2mci87fmt1uqzndfo1_500

tumblr_o3ovcor4ic1v3oeyko1_500

Logo depois que fiquei “orfã” de Downton Abbey, comecei a procurar por outro seriado que fosse na mesma linha britânica pra assistir. Quando li a sinopse dessa eu não achei muita graça pra falar a verdade, mas quando comecei a assistir me apaixonei logo no primeiro episódio. Call the Midwife é uma série fantástica e o mais legal é que absolutamente TO-DO episódio você tira alguma lição. A narrativa é incrível e a trilha sonora também não fica atrás. Por enquanto são 5 temporadas e eu estou aguardando a 6 que está prevista para janeiro de 2017.

Outlander

big_thumb_26b4de4e8c6b3d95cdc1a4a6c48afbe9

“Claire Randall (Caitriona Balfe) é uma enfermeira em combate em 1945. Ela é misteriosamente transportada através do tempo e mandada para 1743, e sua vida passa a correr riscos que ela desconhece. Forçada a se casar com Jamie Fraser (Sam Heughan), um cortês e nobre guerreiro escocês. Um relacionamento apaixonado se acende, e deixa o coração de Claire dividido entre dois homens completamente diferentes, em duas vidas que não podem ser conciliadas.” (Adoro Cinema)

giphy

outlander

Embora seja uma história baseada nos livros de uma escritora americana, a história é toda britânica. Se você quer um seriado britânico com menos temporadas, Outlander é uma boa opção porque por enquanto só tem duas e eu terminei de assistir a primeira neste final de semana. Quando começou eu não tinha me encantado muito, mas agora já estou completamente envolvida com a história, é o tipo de seriado que você quer sempre ver o próximo episódio pra saber o que vai acontecer. A fotografia é maravilhosa, os atores são ótimos e a história tem muitos momentos emocionantes, alguns violentos, outros engraçados e várias cenas picantes protagonizadas pelo casal Jamie e Claire. Pelo pé que terminou a primeira temporada, a segunda com certeza terá muitas reviravoltas, e pretendo começar a ver ainda essa semana. Devo mencionar a música de abertura também, que é linda!

The Crown

1280_the_crown_netflix_trailer

“The Crown é uma série de TV anglo-americana criada e escrita por Peter Morgan para a Netflix. A série é uma história biográfica sobre a família real do Reino Unido. A primeira temporada, que estreou em 4 de novembro de 2016, está disponível com 10 episódios. The Crown, o drama mais caro já produzido pela empresa de streaming Netflix e o primeiro a ser realizado no Reino Unido, irá traçar a vida da Rainha Elizabeth II do Reino Unido a partir de seu casamento em 1947 até os dias atuais.” (wikipédia)

the-crown-three

netflix-easy-haters-back-off-the-crown-the-crown-trailer

Mesmo sendo baseada em fatos reais sobre a vida da Rainha, The Crown não é necessariamente uma série histórica feita ao estilo de documentário. Muito pelo contrário, a trama é recheada de fatos emocionantes e abordagens bem complexas aonde muito se vê a Elisabeth mulher/irmã/mãe e a Elisabeth Rainha. É muito bom pra entender também como funciona a sucessão de tronos na monarquia, eu tinha um pouco de duvidas em relação aos Reis antes da Rainha, mas pra quem assistiu O Discurso do Rei, A Rainha (produção do Peter Morgan também) ou W.E. em The Crown fica claro saber quem é quem na linhagem real. Por enquanto só tem uma temporada porque estreou semanas atrás e eu terminei ontem de assistir a primeira. A fotografia e a produção desse seriado está fantástica e também não é a toa que isso tenha custado 130 milhões ehehehe, mas a forma como é contada é incrível, emocionante e envolvente. Netflix nunca decepciona. Sem contar os atores que são brilhantes e entre eles preciso mencionar John Lithgow que faz Winston Churchill e que está exatamente tão igual ao primeiro ministro que chega a ser assustador. Mesmo com alguns momentos em que se mostra o passado da Rainha ainda quando criança, a história mesmo começa em 1947, logo após a Segunda Guerra em que ela se casa com Phillip e logo em seguida assume o trono. Segundo li, obviamente a história seguirá uma cronologia e terá umas 6 temporadas que com certeza vou amar assistir todas.

05 jan, 2015

Sobre o final Sons of Anarchy

*****E como todo final pode haver algum comentário que contenha SPOILER (embora eu tenha tido o cuidado de não soltar nenhum), portanto: be careful.*****

Comecei a assistir Sons of Anarchy no final do ano passado. Criada por Kurt Sutter, a série conta a vida de um clube de motociclistas de uma cidade fictícia do norte da Califórnia. Dividido em 7 temporadas de 13 episódios, SOA não é um seriado novo, sua estreia foi em 2008 e terminou no ano passado. Não vou me estender muito na história pra não correr o risco de ficar escrevendo spoilers por aqui, mesmo com poucas falhas no roteiro (afinal é MUITA coisa acontecendo em 7 temporadas), dá pra dizer que foi uma história digna de obra arte e Sons of Anarchy pode entrar pra lista seleta de uma das melhores séries de todos os tempos.

soa

Pra todo mundo que acompanha seriados, a gente sempre fica um pouco apreensivo com o desfecho do final, acredito que esse é o ponto crucial que determina de uma vez por todas se o seriado vale a pena ou não assistir, independente até da história que rolou antes. “É bom, mas o final é uma droga” – tem bastante seriado que é assim: com uma trama bem contada, mas que diretores e roteiristas perdem a mão no final e muitas vezes isso frustra totalmente quem acompanha. O ultimo que fiquei assim foi com Dexter; bom seriado, com ótimos atores, mas com o final tão ruim que pra mim não teve nada a ver com a história que acompanhei por anos. Deu até raiva. O mesmo foi com True Blood e embora o motivo foi que a série já tinha perdido a mão na história nas ultimas temporadas, eu não tive paciência nem de ver a temporada final.

SONS OF ANARCHY: Katey Sagal. CR: James Minchin III / FOX

Sons of Anarchy [felizmente] não foi assim. Ouso em dizer que todos os seriados que já assisti, de todos mesmo, foi o final mais incrível já feito e isso foi o que mais me deixou satisfeita. Após acompanhar uma série de 7 temporadas que mesmo com algumas falhas mínimas de continuidade e alguns momentos em que não acontecia nada, foi uma história fantástica do começo ao fim. E melhor ainda: com o final épico.

sons-anarchy

Jack Teller é o personagem principal e conforme vai chegando ao final, você sabe qual será o destino de sua história porque realmente não há caminho por onde ele possa escapar, você também tem alguns palpites sim de como será seu fim, mas não faz ideia de como irão fazer isso e pra mim, esse ponto foi o mais legal: o final foi o melhor possível. Não poderia ter sido outro.

Jax-and-Chibs

Sons-of-Anarchy

Com uma atmosfera mítica que acompanhou algumas cenas durante toda a trama, há a personagem de uma mendiga e que mesmo ficando a pergunta no ar de “quem é você?” sem uma resposta, isso ajudou a construir um final que Kurt Sutter conseguiu colocar uma alusão religiosa e até mesmo poética com direito a citação de William Shakespeare em uma série que foi o tempo todo muito violenta, caótica e envolta de muitas mentiras e perdas. Sons of Anarchy teve um final incrível e Jack Teller sempre na linha tênue de um criminoso frio mas de um homem com bom coração, mostrou que todas as suas atitudes tiveram as suas devidas consequências, e por mais que ele tenha procurado uma mudança, não tinha como escapar – era o seu destino. Jack Teller foi épico.

Aliás, duas coisas que PRECISAM de comentários: a trilha sonora do seriado TODO foi maravilhosa e isso deu muito mais emoção a história. E as participações de várias pessoas ilustres, por sinal – fãs da série e que foram desde Stephen King a Marilyn Manson, isso foi realmente incrível. Agora fica aquele vazio de acabar e aquela depressão pós seriado, mas sem duvida alguma, entrou pra minha lista de seriados preferidos. SOA vai deixar saudades.

11 nov, 2013

Breaking Bad: O melhor seriado de todos os tempos!

Terminei ontem de assistir Breaking Bad e posso dizer sem duvida alguma que, pra mim, foi o melhor seriado da história. Breaking Bad foi incrível desde o primeiro episódio ao ultimo, nada ficou pra trás, nada ficou sem explicação, cada episódio era uma expectativa nova que te prende de uma forma que você não consegue parar de assistir… Sempre li ótimas críticas de Breaking Bad, amigos que já tinha visto falavam muito bem e foram motivos pelos quais eu resolvi assistir e quando acabou, a mente começou a fervilhar de uma tal forma que deixa o espectador esclarecido sobre tudo que aconteceu no seriado, mas se perguntando um monte de coisas….

Há um tempo atrás o Brainstorm9 escreveu um post incrível falando sobre Breaking Bad e as novas regras da televisão, quem quiser ler na integra é só clicar aqui, enfim… Vou deixar alguns vídeos legais e sem querer ser “chata” (mas já sendo), se você ainda não assistiu, ASSISTA!

01 out, 2013

Dexter e Breaking Bad

Vamos falar um pouquinho sobre seriados?
Ontem terminei (finalmente) de ver a ultima temporada de Dexter, seriado esse que tanto escrevi aqui no blog – eu adorava, pois realmente a série em si foi ótima, eles “só” cagaram é com o final. Não vou me estender muito porque, realmente, eu não tenho nem muito o que falar de um final que achei tão vazio e que não teve nada a ver com a história de Dexter Morgan. De tudo que li, o Ligado em Séries foi o que analisou melhor de tudo que andei lendo por aí e como eles mesmos disseram: “Dexter acabou, mas até hoje não teve um desfecho” e foi exatamente o que senti.

 photo dexter_finale_3_zps3736b239.jpg

Por outro lado, semanas atrás, comecei a assistir Breaking Bad que também já teve o seu final neste ultimo domingo, mas como ainda estou começando a terceira temporada, com certeza ainda tem muita história pra acontecer… As críticas sobre BB estão ótimas, pelo que li, o final foi muito bem comentado e, é um seriado que estou gostando bastante – bom roteiro, ótimos atores, história incrível. Recentemente o Braimstorm9 fez um excelente texto sobre Breaking Bad e as regras novas da televisão, hoje em dia temos ótimos seriados e pra todos os gostos ou até aqueles que não seja do seu gosto, mas que passa a gostar.

 photo bb_zpsf6eb7ab0.jpg

Em tempo: logo também começam as temporadas de The Walking Dead, The Following, Bates Motel… Game of Thrones ainda leva mais um tempinho para a tortura dos fãs como eu. Mas e vocês, quais seriados estão assistindo?

15 abr, 2013

Game of Thrones – The Exhibition

Ontem depois que terminou o episódio de Game of Thrones na HBO eu me vi relembrando a compra dos ingressos do show da Madonna no ano passado. Quem acompanha GoT, sabe que vai rolar o Game of Thrones – The Exhibition aqui em São Paulo. Serão apenas poucos dias – 25/04 à 30/04 e apesar dos ingressos serem gratuitos, a limitação é pequena e a procura foi grande.


Como tudo que envolve shows ou eventos nesse país é sempre um parto pra conseguir, é claro que rolou um todo stress antes no site do Live Pass, mas conseguimos os ingressos pra sexta no dia 26/04. UFAAAAANNNNN!

 photo game_of_thrones_banner_768x300_zpse8748518.jpg

E acabei de ver agora pouco na FanPage do seriado que todos os ingressos já estão esgotados, mas pra quem não conseguiu, eu acredito que ainda role algum sorteio em algum portal. Uma dica bem interessante é acompanhar o Game of Thrones BR, quem sabe no site, eles disponibilizem alguns ingressos pra quem não conseguiu.

Essa exposição já passou por Nova York, Toronto e agora estará aqui em São Paulo. Está sendo muito bem comentada e pra fãs de Game of Thrones – como eu, será um prato cheio. Prometo contar tudo como foi. 🙂

18 mar, 2013

3ª temporada de Game of Thrones

Acho que nem com Lost eu esperei tanto por uma nova temporada, como estou esperando pela terceira temporada de Game of Thrones que estréia, agora, no dia 31/03. Game of Thrones, além de uma história incrível que te prende em TODOS os episódios, tem uma produção espetacular de tirar o chapéu, dá uma olhada nos pôsteres dessa temporada, que incríveis:


Aí eles lançaram o primeiro trailer que foi esse aqui:

E essa semana lançaram mais dois, pra deixar todo mundo empolado na ansiedade:


A HBO está transmitindo por esses dias um recapitula da temporada anterior, uma vez que, teve um espaço muito grande entre uma temporada em outra. São em horários alternados, vale a pena dar uma olhada na programação.
The war is coming!

31 jan, 2013

The Walking Dead


Pra quem acompanha The Walking Dead sabe que, a segunda parte da terceira temporada que já estamos assistindo, volta agora dia 10 de fevereiro com muita lenha na fogueira porque, agora o bicho vai pegar. Pelo que li, algumas coisas irão mudar na prisão e em Woodburry, já deu pra perceber, inclusive, que o menino Carl é quem está colocando ordem no galinheiro e não mais o Rick, mas pelo jeito muita coisa ainda vai rolar (depois de toda essa espera é bom acontecer mesmo) e pra entrar no clima eis o trailer promo dessa segunda parte com cenas inéditas:


Pra também entrar mais ainda no clima, esse site disponibiliza um aplicativo muito legal que você pode montar uma foto sua (ou de quem quiser) como zumbi. Pra isso, você precisa se conectar no Facebook ou baixar o aplicativo que tem disponível para iPhone também. Eu fiquei assim… Super bonita (NOT!) e quase matei minha mãe do coração quando ela viu essa foto AHAHAHAHAHAHA:


Quem criar também coloca o link nos comentários pra gente poder ver 🙂

03 out, 2012

7ª Temporada de Dexter e a nova tattoo de Michael C. Hall

7ª Temporada de Dexter e a nova tattoo de Michael C. Hall

Neste ultimo domingo estreou nos EUA a sétima temporada de Dexter. Acho que pelos fãs é a temporada mais aguardada de todas porque a sexta temporada, na minha opinião, foi a melhor de todas. Só ontem conseguimos assistir o primeiro episódio e putaquepariu, se a sétima temporada já começou assim acho que ainda será melhor que a sexta!


Já falei bastante sobre o seriado Dexter aqui no blog, mas pouco falei sobre o ator que o interpreta – o Michael C. Hall.

Michael C. Hall é de 1971 (dorme no formol também?), ele foi casado com a atriz Jennifer Carpenter que interpreta sua irmã Debra em Dexter, mas infelizmente o casal se separou em 2010. Michael passou por um câncer (Linfoma) um pouco antes dessa época o que deixou muitos fãs apreensivos, mas hoje ele está totalmente curado. Michael participou de alguns filmes e outros seriados, mas foi em Dexter que ele se destacou e desde então vem fazendo um brilhante papel no seriado.

Mas então, o Douglas me mandou hoje uma notícia de que Michael fez uma nova tatuagem…. No pé… E ao que me parece é o pernilongo que ele mata logo na abertura do seriado AHAHAHAHAHAHAAH, embora o site diga que é uma folha (?):


E essa é a nova namorada dele a (WHO?) Morgan Macgregor…


E não fui com a cara dela, sou muito mais a Jennifer, destroca Michael!

16 maio, 2012

5ª Temporada de True Blood

5ª Temporada de True Blood

Domingo logo após o final do episódio 7 da 2ª temporada de Game of Thrones (que puta que pariu, mas tá muito bom esse seriado) a HBO jogou o trailer oficial da 5º temporada de True Blood que tem a sua estréia mundial pro dia 10 de junho:


Vários posters foram divulgados também, tem todos na página oficial da série no Facebook:


Essa 5ª temporada está prometendo bastante coisa. Terá personagens novos e a volta de alguns que na verdade nem foram ehehehehe.

02 abr, 2012

5ª Temporada de True Blood

5ª Temporada de True Blood

Ontem foi a estréia mundial da 2ª temporada de Game of Thrones e pra quem acompanha e, é fã da série/livros, foi uma loucura – só se comentava sobre a estréia de GoT que pro primeiro episódio já foi sensacional! Ontem mesmo a HBO americana aproveitando toda a audiência que estava tendo soltou o teaser com cenas da 5ª temporada de True Blood.


A estréia é pra Junho e MEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEU!!!
Essa temporada vai ser muito babado, dá só uma olhada:


No youtube também já tem uns teasers prontos que possivelmente foram lançados ontem também, eu já tinha visto esse na semana passada, mas esses outros são novos (desculpem, estão sem legendas):

Echoes Of The Past – “Fangtasia”

Echoes Of The Past – “Sookie’s House”

Echoes Of The Past – “Bill’s House”


Novela pra quê, minha gente?

23 mar, 2012

2ª Temporada de Game of Thrones

2ª Temporada de Game of Thrones

Honestamente acho que estou mais empolgada com a estréia da segunda temporada de Game of Thrones do que com meu aniversário que é neste domingo AHAHAHAHA.


Mas dia 04 de Abril estréia na HBO e eu estou super, ultra, mega ansiosa por isso (isso porque minha ideia era de começar a ler os livros antes da segunda temporada e quem disse que eu consegui?). Enfim…

Agora, no dia 1 de abril (e não uma mentira) a HBO vai fazer um recapitula da primeira temporada, tipo um esquenta mesmo e de quebra ainda terá algumas informações da 2ª e algumas entrevistas do elenco também!

ESTRÉIA MUNDIAL DIA 1 DE ABRIL!!!!!!

No Youtube há vários trailers da segunda temporada pra aguçar mais ainda a curiosidade dos fãs da série, escolhi alguns pra vocês verem:

Power and Grace

Shadow

Price For Our Sins

Acho que só os fãs série bem como dos livros gostarão desse post, mas além da história ser no mínimo incrível, é um dos seriados bem mais produzidos que já vi, quiçá o melhor nesse quesito! 04/04/2012 – The War is Coming!

23 dez, 2011

Dica: O Garoto de Liverpool e Dexter

Dica: O Garoto de Liverpool e Dexter

Falei desse filme umas duas vezes aqui e finalmente consegui assistir na semana passada, vamos primeiro a Sinopse:

John Lennon (Aaron Johnson) é um jovem que não aceita bem as regras impostas na escola e dentro de casa. Abandonado pela mãe quando tinha cinco anos, ele vive com seus tios George (David Threfall) e Mimi (Kristin Scott Thomas). Quando George morre, Lennon é obrigado a viver com Mimi, extremamente austera e sisuda. No funeral do tio ele vê sua mãe (Anne-Marie Duff), que se mantém afastada. Seu primo consegue o endereço dela, o que faz com que Lennon resolva visitá-la. O reencontro com o filho é a realização de um sonho para Julia, que passa cada vez mais seu tempo com ele. Animada e um tanto quanto inconsequente, ela apresenta ao filho o rock’n’roll. Logo, desperta nele a vontade de montar uma banda de rock.

E o trailer:


Gente, o filme é sensacional. Mostra de uma maneira bem detalhada como foi a vida de Johnn Lennon, desde a escola e até ele formar uma banda de Rock. Lennon quando jovem era bem rebelde, namoradeiro e todos os seus problemas e sua personalidade são mostrados de uma maneira bem interessante e que explica muita coisa. Acho que poucos sabem disso, mas Lennon era fã incondicional de Elvis Presley, tanto que, quando ele resolve montar uma banda de Rock no filme ele diz: “Eu vou formar uma banda de rock, quero ser como Elvis”, não vou ficar detalhando mais pra não soltar nenhum spoiler aqui, mas é um filme que super recomendo.

Outro que não posso deixar de lado é a 6º temporada de Dexter. De todas as temporadas essa, pra mim, foi a que teve o melhor final… Pra quem está acompanhando, eis a prévia da season finale: