Arquivo

2008

Posts em 2008.

Filmes!

MÚSICA DO DIA: POISON HEART – RAMONES

Clique no para ouvir.

Filmes!

Batman – O Cavaleiro das Trevas

Sinopse

Após dois anos desde o surgimento do Batman (Christian Bale), os criminosos de Gotham City têm muito o que temer. Com a ajuda do tenente James Gordon (Gary Oldman) e do promotor público Harvey Dent (Aaron Eckhart), Batman luta contra o crime organizado. Acuados com o combate, os chefes do crime aceitam a proposta feita pelo Coringa (Heath Ledger) e o contratam para combater o Homem-Morcego.

Eu nunca fui muito fã de filmes de super-heróis ao contrário do meu marido que adora, mas todo mundo estava falando desse novo Batman – O Cavaleiro das Trevas que infelizmente não consegui assisti-lo no cinema, duas amigas minhas que também – como eu, não curtem este gênero de filme tinham me dito: “Juliana, assista assim mesmo!”, principalmente pelo personagem Coringa interpretado por Heath Ledger que está concorrendo ao Globo de Ouro de melhor ator coadjuvante, mas que é uma pena não estar mais entre nós, sempre o achei um ótimo ator. Enfim… Eu sempre tive uma simpatia por vilões sejam eles nos filmes, novelas ou seriados, já escrevi sobre isso no blog, acho que todos eles tem um “quê” de ironia e sarcasmo, são cruéis, misteriosos, sombrios e algumas vezes até divertidos… Por tudo isso e pelo simples fato de ser um vilão em si, na minha opinião ganham de longe a minha simpatia que os mocinhos muitas vezes passam batido por serem bonzinhos e certinhos demais!

Tanto que o Coringa rouba todas as cenas de Batman, ele é quem se destaca no filme, ele é quem comanda as melhores cenas, ele é quem foi o melhor Coringa de TODOS os Batmans já produzidos e se ganhar o Globo de Ouro de melhor ator coadjuvante será mais do que merecido, com certeza!
Selecionei pra vocês algumas cenas do filme que são ótimas:

E tem mais que vale a pena conferir aqui e aqui!

Fim dos Tempos

Sinopse

Em questão de minutos estranhas mortes ocorrem em várias das principais cidades dos Estados Unidos. Elas coincidem em dois pontos: desafiam a razão e chocam pelo inusitado com que ocorrem. Sem saber o que está ocorrendo, o professor Elliot Moore (Mark Wahlberg) apenas quer encontrar um meio de escapar do misterioso fenômeno. Apesar dele e sua esposa Alma (Zooey Deschanel) estarem em plena crise conjugal, os dois decidem partir para as fazendas da Pensilvania juntamente com Julian (John Leguizamo), um professor amigo de Elliot, e Jess (Ashlyn Sanchez), a filha dele de 8 anos. Lá eles acreditam que estarão a salvo, o que logo se mostra um equívoco.

Na verdade começou assim: quem falou a respeito desse filme foi um amigo que eu e Rick – meu amado, temos em comum…
Curiosamente todos os filmes que nós gostamos ele não gosta e todos os que ele não gosta, nós gostamos… Esse por sinal foi um que ele não gostou então, por esse motivo resolvemos assistir, afinal de contas toda essa divergência de opiniões cinematográficas sempre deram certo entre a gente e dessa vez também não foi diferente, é um ótimo e intrigante filme. Recomendo.

E sim… Thanks God is FRIDAY!!!
… Vou terminar o presente do meu amigo secreto!

Dexter

MÚSICA DO DIA: LIFT ME UP – MOBY

Clique no para ouvir.

Dexter

Dexter é uma série é baseada no livro Darkly Dreaming Dexter, de Jeff Lindsay, e conta a história de Dexter Morgan (interpretado por Michael C. Hall), um assassino em série que trabalha como analista forense especialista em padrões de dispersão de sangue, no departamento de polícia de Miami.
A primeira temporada já passou aqui no Brasil, a segunda temporada já está sendo exibida todas as quintas-feiras às 10 horas pela FX Brasil. Dexter por ser um profissional forense em análise sanguínea e de trabalhar no Departamento de Polícia de Miami, de um modo bem meticuloso e sem pistas, mata criminosos que a polícia não consegue fazer Justiça. A série narra toda a trajetória de sua vida dupla por meio de flashbacks e, aos poucos, vão-se desvelando diversos segredos dos personagens, criando um ambiente de constante suspense com muitas frases irônicas quando trata-se de seu pensamento.

A primeira temporada mostra um Dexter, indeciso entre sua personalidade assassina e a relação afetuosa que mantém com sua namorada e os filhos dela. A trama é completada com os conflitos e afetuosidade existentes entre o protagonista e sua irmã de criação – filha do policial que adotou Dexter quando criança e lhe impôs um rígido código de conduta para conter seus impulsos homicidas.

Já na segunda temporada está centrada na tênue linha que protege o lado negro de Dexter da punição da Justiça e aborda uma visão diferente de justiceiro, afinal, Dexter, é um serial killer que mata com requintes de crueldade (a-do-ro!) e que oscila entre o insensível e ser afetuoso e com todos que dependem dele.

No site da Fox há mais informações sobre o seriado e está recheado com fotos e trailers, vale à pena conferir!

Prêmios:

AFI Awards — Programa de TV do Ano — Seleção Oficial.
IGN – Melhor Programa Nova
IGN – Melhor Ator – Michael C. Hall
IGN – Melhor Vilão – The Ice Truck Killer
IGN – Melhor Personagem – Dexter Morgan
Satellite Awards — Melhor Atriz Coadjuvante em Série — Julie Benz

Em suma: é aquele típico seriado que você começa a assistir, não consegue mais parar e fica se coçando de ansiedade pra saber o que irá acontecer nos próximos episódios, não custa também dizer que de certa forma, todo mundo se identifica pelo menos um pouco com Dexter Morgan!

Livros!

MÚSICA DO DIA: ROCK YOUR BODY – JUSTIN TIMBERLAKE

Clique no para ouvir.

Livros!

O que pode ser tão tentador quanto uma barra de chocolates em um daqueles dias que é só disso que vc precisa?

O que pode ser tão tentador quanto uma loja da Melissa que tem TODOS os modelos que vc mais gosta e PRECISA comprar?

O que pode ser tão tentador quanto a sua loja de roupas preferida com todas as roupas (do seu tamanho) em promoção?

O que pode ser tão tentador quanto aquela combinação aconchegante, perfeita e que todo mundo gosta de Sofá + Tevê = Dia Chuvoso?

Tão tentador quanto….
Livros!

Isso mesmo… Livros!

A amiga Bella mandou o link destes livros hoje no meu email, dizendo que lembrou na hora de mim, quando estava navegando no tentador site do Submarino:


A Vida Com Minha Irmã Madonna

O extraordinário livro de Christopher Ciccone tem como base os 47 anos que passou ao lado da mulher mais famosa de nossa era, a personalidade que há décadas intriga, escandaliza e diverte milhões de pessoas.
Durante grande parte da carreira da estrela, Christopher desempenhou um papel importante em sua vida: foi seu dançarino de apoio, assistente pessoal, camareiro, decorador, diretor artístico e diretor de turnês.
A vida com minha irmã Madonna é o tipo de história instigante e impossível de largar que você sempre quis saber, contada pelo irmão mais novo de Madonna.

No mínimo polêmico, pra quem deseja saber tudo (tudo mesmo) sobre a Madonna este livro é um prato cheio, reza a lenda que tem os podres mais obscuros dela!


Stonehenge

Uma combinação perfeita: um dos escritores ingleses mais bem-sucedidos no Brasil escreve sobre um dos mais conhecidos e enigmáticos mistérios do planeta. Como explicar Stonehenge, um enigma tão complexo quanto as pirâmides do Egito? Qual era a finalidade desse círculo de pedras? Todos os anos, milhares de turistas seguem até a planície de Salisbury para tentar entender o grande mistério. Teria o monumento sido erguido pelos gregos?
Ou se trata de um templo construído pelos druidas celtas? Bernard Cornwell recria a época da construção do monumento em uma emocionante disputa entre três irmãos pelo poder de sua tribo.

Por sinal é do mesmo autor que escreveu a trilogia das “Crônicas de Artur” – um dos meus livros preferidos e mais legais que já li na minha vida!

Ai ai….

(Mais) Vícios Cibernéticos!

MÚSICA DO DIA: HIPS DON’T LIE – SHAKIRA

Clique no para ouvir.

(Mais) Vícios Cibernéticos!

Alguns vícios de Julis:

Twitter
Last Fm
Blip.Fm

É…
Lá vou eu mais uma vez falar dos (meus) vícios cibernéticos!
Eu entendo perfeitamente quando alguém me diz que não vive mais sem a internet, entendo e concordo pq eu também sou alguém desta parcela que se encaixa neste perfil. Outro dia perguntei-me e fiz um pequeno balanço de quantas coisas eu usei a internet pra facilitar a minha vida, seja lá como for…

E quantas?
Acho que todas!
Desde sempre…

Dependentes do mundo cibernético ou não, eu acredito que não há nenhum problema nisso desde que vc use para fins que lhe tragam benefícios, ou seja: use com moderação.

Entretanto, eu devo confessar que certas coisas por esse mundo virtual são de um vício extremo e gigantesco… Tão viciante quanto a nicotina ou qualquer droga nojenta que exista por aí, tão viciante quanto uma barra de chocolates (e olha que disso eu entendo bem), causando uma dependência tão grande que até aonde eu sei, não há tratamento ou cura para isso (e pensando bem: pra quê?), um desses meus vícios como todos sabem, evidentemente – é o Blog.

Escrevo, leio, conheço, pesquiso, me intero… Penso que, por enquanto e talvez nos próximos anos eu ainda não me veja sem esse meu querido diário virtual.

(E nem quero!)

Sem contar os vícios musicais (bem como a música em si, que também é outro vício meu desde que me entendo por gente) de fácil acesso e disponíveis para todos conhecerem o seu gosto musical seja ele bom ou não, as atualizações em tempo real do Twitter (pra quem não quer um compromisso sério como um blog ou pra quem já tem um blog, tanto faz), os Buddy Pokes criativos do Orkut (esse eu não sabia se gostava, até criar um, pode parecer bobinho, mas não deixa de ser divertido), os clipes e outros tantos vídeos que eu nunca tinha visto até existir o YouTube, os sites de hospedagem de imagens como o Multiply aonde de uma maneira fácil e rápida vc publica as suas fotos, cria o seu próprio álbum e enfim… Quantas infinitas coisas que nos causam dependência e que eu poderia ficar por horas listando-as pra vc’s aqui!

Recentemente, não bastando o LastFm eu descobri o Blip.Fm; um site de giro de musicas aonde em um simples cadastro vc vira DJ, posta as suas musicas preferidas, escolhe outras tantas de outras pessoas, e ganha novos e vários ouvintes com isso.

Eu, particularmente, acho O máximo!

Melhor ainda é que todas as suas musicas colocadas no Blip vc também pode exportá-las para o Twitter; assim os seus amigos de lá, também ficam conhecendo o que vc mais gosta de ouvir. (e sim, todos esses aplicativos também podem ser agregados ao seu blog ou site, adoro essa coisa de tudo ser interligado).

De fato, só quem gosta desse meio e participa nele, pode entender e concordar com que eu estou dizendo, e se depois de tudo isso vc também se tornar ou se já for mais um dependente cibernético em alguns desses sites que eu citei (ou outros, claro… me digam se souberem? adoro novidades), não se preocupe, nem se descabele e sinta-se apenas aliviado por isso, afinal de contas, internet causa dependência sim…
… Mas não mata!

Fomos ao shopping no sábado e eu escolhi essa Melissa aqui, como prêmio da aposta (post 05/11), depois encontrei um site que tem umas do mesmo modelo, mas com o desenho do Pequeno Príncipe. Ui coisa, quero todas.
Novas fotos do Ozzy, que eu fiz no domingo!