Backpacker – Noruega

Oslo (além de capital), é a maior cidade da Noruega. É uma das cidades mais caras do mundo também. Sua beleza é indiscutível e, de todas as viagens que já fiz, Oslo foi o ponto mais longe em que já estive de casa. É muito engraçado essa sensação porque tecnicamente nada externamente muda, mas dentro se si é inevitável pensar: “agora sim, estou bem longe de casa” e isso é muito gratificante ao mesmo passo que encorajador. Oslo é uma cidade rica em cultura com muitas galerias, museus e pontos históricos importantes.

norway

Um dos que fiz questão de conhecer foi o Museu Viking (Vikingskipshuset), ele fica em uma das penínsulas de Oslo (Bygdøy) aonde dependendo da época do ano, é possível chegar lá de barco… Como estávamos fora dessa temporada fomos de ônibus mesmo que dá uns 25/30 minutos o trajeto. Pra quem gosta de histórias nórdicas, visitar o museu é uma viagem ao tempo. O maior barco deles é o Gokstad construído por volta de 890. Ele tem 24 metros de comprimento e 5 de largura e foi encontrado em 1880. Além de navios, há uma infinidade de objetos, vestimentas e até corpos estão expostos lá. Histórias nórdicas são impressionantes (amando o seriado Vikings) e ver parte disso de pertinho é realmente incrível.

Ficamos pouco tempo em Oslo e por ser uma cidade cara (MESMO!), nós decidimos dar uma segurada na grana e passear pelos pontos em que não precisava pagar nada e felizmente, nem por isso deixou a desejar, pelo contrário. A cidade é cheia de lugares que você pode conhecer sem precisar pagar nada – como o Parque Vigeland (Vigelandsparken) que é recheado de esculturas – todas feitas por um escultor norueguês chamado, Gustav Vigeland. A culinária em muitos pontos, é bem exótica também ehehehehe, até carne de baleia entra no cardápio. No hostel em que ficamos conhecemos 3 brasileiros, mas Oslo é uma cidade com muito vai e vem de pescadores também. Pesquisamos sem grande compromisso, sobre as auroras boreais – algo que ainda tenho muita vontade de conhecer e se tivéssemos chegados um dia antes, teríamos conseguido fazer essa excursão por um preço bem abaixo do que é geralmente cobrado e mesmo assim, vale lembrar que não é certeza de que você consiga ver. Até aonde eu sei são umas 8 horas de viagem ao norte da Noruega e mais 8 de volta, anyway, fica pra uma próxima até porque as auroras não estavam no roteiro. Pesquisando depois, descobri que a Noruega tem um turismo mais alternativo em que você visita pontos bem afastados e que existem aquelas paisagens da natureza de tirar o fôlego, voltaria facilmente e com mais tempo pra conhecer esse lado da Noruega. Pra finalizar, acredito que 2 dias em Oslo são suficientes pra conhecer bastante coisa e prepara-se: é uma das cidades mais caras do mundo.

Não poderia terminar esse post sem homenagear e dedicar esse post há uma das pessoas mais importantes da minha vida: minha vó querida. Essa semana que passou foi muito difícil pra mim, ela faleceu na terça passada e pra mim foi um baque. Dói e só mesmo o tempo pra dar uma amenizada nessa dor. Vou sentir muitas saudades, mas tenho certeza que ela está num lugar que é tão lindo quanto a Noruega. Minha vózinha querida esse post é pra você, que sempre me apoiou em tudo e sempre torceu pra eu viaje cada vez mais e mais. Te amo.

1 comentário Comentário

  1. Pri

    Você ainda vai conhecer muito do mundo, Ju! Cada lugar que você passa parece ser único e indiscutivelmente lindo.

    Esteja onde estiver, sua avó deve ter muito orgulho de você. Ela sempre estará com você.
    Pri

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *