04 dez, 2018

Livro: As Cores da Vida

Esse foi um dos livros que li durante a viagem:

Uma arrebatadora história sobre irmãs, rivalidade, perdão e, em última análise, o que significa ser uma família. As irmãs Winona, Aurora e Vivi Ann perderam a mãe cedo e foram criadas por um pai frio e distante. Por isso, o amor que elas conhecem vem do laço que criaram entre si. Embora tenham personalidades bastante diferentes, na verdade são inseparáveis. Winona, a mais velha e porto seguro das irmãs, nunca se sentiu em casa no rancho da família e sabe que não tem as qualidades que o pai valoriza. Mas, sendo a melhor advogada da cidade, ela está determinada a lhe provar seu valor. Aurora, a irmã do meio, é a pacificadora. Ela acalma as tensões familiares e se desdobra pela felicidade de todos – ainda que esconda os próprios problemas. E Vivi Ann é a estrela entre as três. Linda e sonhadora, tem o coração grande e indomável e é adorada por todos. Parece que em sua vida tudo dá certo. Até que um forasteiro chega à cidade… Então tudo muda. De uma hora para a outra, a lealdade que as irmãs sempre deram por certa é posta à prova. E quando segredos dolorosos são revelados e um crime abala a cidade, elas se veem em lados opostos da mesma verdade.

Esse é o segundo livro de Kristin Hannah que eu leio, o primeiro foi O Rouxinol e gostei tanto da história que este segundo livro também não me decepcionou em nada e agora eu decidi que vou ler todos dessa autora. As Cores da Vida é um livro intenso e comovente, acredito que essa seja uma das principais características de Kristin Hannah porque ela sabe como transformar “algo normal” numa grande história e te prender do começo ao fim com isso. A história dessas 3 irmãs eu achei muito forte, são 3 personalidades completamente distintas e nos identificamos um pouquinho com cada uma delas. Você sabe que tudo vai mudar a partir do momento que um dos personagens (Dallas) entra no meio da história e aí a narrativa toda um rumo bem peculiar.

As cores da vida trata de laços familiares e relações humanas. Amor, perdão, resiliência, mágoa, rivalidade, amizade. É uma história romântica, que a autora explora todas essas nuances de sentimentos de uma maneira arrebatadora e mágica. Eu amo a forma de escrever de Kristin Hannah, é por isso que quero ler os outros livros dela, porque até agora suas histórias superaram minhas expectativas. Leitura mais que recomendada, levou 5/5 xícaras:

Juliana Esgalha

Tags: ,

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.