17 jan, 2020

Livro: Pequenas Grandes Mentiras

Todos sabem, mas ainda não se elegeram os culpados. Enquanto o misterioso incidente se desdobra nas páginas de Pequenas grandes mentiras, acompanhamos a história de três mulheres, cada uma diante de sua encruzilhada particular. Madeline é forte e passional. Separada, precisa lidar com o fato de que o ex e a nova mulher, além de terem matriculado a filhinha no mesmo jardim de infância da caçula de Madeline, parecem estar conquistando sua filha mais velha. Celeste é dona de uma beleza estonteante. Com os filhos gêmeos entrando para a escola, ela e o marido bem-sucedido têm tudo para reinar entre os pais. Mas a realeza cobra seu preço, e ela não sabe se continua disposta a pagá-lo. Por fim, Jane, uma mãe solteira nova na cidade que guarda para si certas reservas com relação ao filho. Madeline e Celeste decidem fazer dela sua protegida, mas não têm ideia de como isso afetará a vida de todos. Reunindo na mesma cena ex-maridos e segundas esposas, mães e filhas, bullying e escândalos domésticos, o romance de Liane Moriarty explora com habilidade os perigos das meias verdades que todos contamos o tempo inteiro.
Best-seller do The New York Times na semana do lançamento, Pequenas grandes mentiras foi adaptado para a TV pela HBO e tem estreia prevista para fevereiro. Com 7 episódios, Big Little Lies conta com a produção de Reese Whitherspoon e Nicole Kidman que, com Shailene Woodley, também interpretam as protagonistas.

É o terceiro livro de Liane Moriarty que leio e esse sem dúvida é o melhor de todos dela até o momento para mim. Sim, é o livro da série “Big Little Lies” da HBO que por sinal eu não assisti e agora depois do livro eu fiquei muito curiosa em ver o seriado. O livro tem 3 protagonistas mulheres narradas em terceira pessoa – Madeline, Celeste e Jane. Três mulheres maravilhosas que são mães, amigas e com realidades completamente diferentes uma da outra – mesmo convivendo em um círculo em comum – cada uma com seus problemas e segredos que giram em torno dessa trama. Os personagens secundários são ótimos também, alguns você vai amar e outros odiar.

Nem sempre aquilo que vemos é o que realmente acontece na realidade. Nem sempre aquela vida é perfeita como se mostra. Todo mundo tem suas pequenas mentiras e grandes segredos. Talvez para se proteger ou proteger aos outros. Só lendo pra descobrir. São personagens reais que amam e odeiam como nós, acho que foi isso que mais me encantou no livro. A história começa com um misterioso assassinato e durante a leitura a autora aborda temas como: bullying, estupro, violência doméstica, desigualdade social, a real maternidade e falsas aparências. Assuntos bem densos, mas que Liane tem uma maneira bem humorada e ao mesmo tempo única de escrever sobre todos esses temas sem perder a importância do peso que tem.

Em muitos momentos o livro tem várias tiradas engraçadas e cômicas que nos identificamos com cada uma das personagens e suas diferentes vidas. A minha preferida sem dúvida foi Madeline, me identifiquei TANTO com ela. É um livro que mostra a grande importância dos laços familiares, amizade e o quanto mulheres unidas podem ser fortes. Vai ganhar 5/5 xícaras e Liane Moriarty entrou com louvor pra minha lista de escritoras queridas:

Juliana Esgalha

Tags: ,

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.