18 fev, 2020

Livro: Para Todos os Garotos que Já Amei

Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos.

Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.

Eu acabei aproveitando o hype do segundo lançamento do filme na Netflix e resolvi ler os livros. Eu gosto de intercalar minhas leituras com livros leves e despretensiosos de vez em quando porque eu acredito que literatura seja isso mesmo: ler o que você quer sem seguir regras de ninguém. E como não se apaixonar por esse romance tão gostoso de ler? Eu já me conectei com Lara Jean logo nas primeiras páginas. Lara Jean é a protagonista e narradora desta história. Uma adolescente de 16 anos, irmã de Margot e Kitty e que escreve cartas secretas nunca enviadas para seus amores. Nunca enviadas até então. Acontece que um dia essas cartas são misteriosamente enviadas e é aí que a trama central da vida de Lara Jean começa.

“Se o amor é como uma possessão, talvez minhas cartas sejam meu exorcismo. As cartas me libertam. Ou pelo menos deveriam.”

Nessa história vai entrar dois personagens importantes: Peter Kavinsky e Josh que receberam essas cartas e aí toda uma confusão e mistura de sentimentos começa a acontecer entre todos eles, não vou dizer mais coisas por perigo de spoilers. É um livro super gostoso e divertido de ler, eu devorei em poucos dias essa história e já estou ansiosa em partir hoje para o segundo. Eu sou uma mulher de 40 anos que gosta muito de um clichê adolescente bem escrito e digo isso sem vergonha alguma, a autora soube explorar bem os personagens e usar todos os elementos e fluidez da história pra transformar em uma trilogia e não até a toa que ganhou adaptação em filmes também. Eu vou assistir depois que ler todos. 5/5 xícaras:

Juliana Esgalha

Tags: ,

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.