29 nov, 2019

Livro: Tempo de Regresso

“Meghann Dontess é uma mulher atormentada pela tristeza e pela solidão, e não consegue lidar com a difícil decisão que tomou na adolescência e que a fez perder tudo, inclusive o amor da irmã. Advogada de sucesso, trabalhando com divórcios, ela não acredita em relacionamentos – até que conhece o único homem capaz de fazê-la mudar de ideia.

Claire Cavenaugh está apaixonada pela primeira vez na vida. Conforme seu casamento se aproxima, ela se prepara para encarar a irmã mais velha, sempre tão dura e arrogante. Reunidas após duas décadas, essas duas mulheres que pensam não ter nada em comum vão tentar se tornar algo que nunca foram: uma família.

Sensível e divertido,Tempo de Regresso fala sobre os erros que cometemos por amor e as dores e as delícias que apenas irmãs podem compartilhar.”

E lá eu fui para mais uma história arrebatadora de Kristin Hannah. Esse é o mais novo livro dela que assim que lançaram eu comprei. Fiquei “guardando” pra economizar suas histórias, mas não aguentei esperar tanto e decidi ler logo de uma vez. O que eu fico mais surpreendida com essa autora, é a capacidade que ela tem de pegar temas basicamente normais e transformar isso em milhões de reflexões com uma carga sentimental extremamente tocante. É isso – Kristin Hannah consegue tocar a fundo em nossos sentimentos quando estamos nas suas histórias. Acho que esse é o máximo que consigo me expressar em palavras quando leio seus livros, talvez cada um tenha uma percepção diferente ou até mesmo não tão profunda com suas histórias quanto eu tenho, mas pra mim, é sempre algo surpreendente.

E “Tempo de Regresso” foi mais um livro assim. Meghann e Claire são as personagens principais da história e eu amei as duas do inicio ao fim, mesmo sendo duas mulheres de personalidades completamente diferentes. Não vi Meghann como uma pessoa arrogante. Na verdade a vi como uma mulher que escondeu por muito tempo seus sentimentos e mágoas atrás de uma vida profissional bem sucedida. Já Claire é o exemplo de mulher que é apaixonada pelo simples, com um coração enorme, é o tipo de pessoa que se você a conhecesse pessoalmente desejaria de todo o coração toda a felicidade do mundo porque é o que ela merece.

A história dessas duas irmãs se reconecta depois de muitos anos, após um passado muito difícil e de mágoas para ambas. Nessa história toda também há Bobby (que eu não acreditava que ia virar um amor tão genuíno e puro), Sam (pai de Claire), Joe e a pequena-falante Ali. Ah! Tem a Ellie também – mãe das irmãs que por mais que K.H. tenha colocado ela de uma maneira tão negligente que chegava até ser cômica, em nenhum momento eu consegui gostar dela.

A história começa com você conhecendo as personagens principais, suas personalidades com todas suas qualidades e defeitos e a vida rotineira que cada uma tem – completamente diferentes uma da outra, depois, logo em seguida vem o inicio de uma história linda de amor com um final feliz, um recomeço, uma luz que começa a se abrir para curar certas feridas e aí já logo vem o soco no estômago com uma tragédia que só no final mesmo é que tudo de desenrola.

“Tempo de Regresso” é um livro sobre mágoas, amor, perdão, sobre colocar tudo as claras, recomeços, coragem e muito fôlego arrancado do leitor enquanto lê essa história. Eu fico feliz quando um livro me arrebata de corpo, alma e coração. Não esperava menos de você, Kristin Hannah. 5/5 xícaras:

Juliana Esgalha

Tags: ,

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.