07 out, 2019

Livro: Amigas Para Sempre

“Tully Hart tinha 14 anos, era linda, alegre, popular e invejada por todos. O que ninguém poderia imaginar era o sofrimento que ela vivia dentro de casa: nunca conhecera o pai, e a mãe, viciada em drogas costumava desaparecer por longos períodos, deixando a menina aos cuidados da avó. Mas a vida de Tully se transformou quando ela se mudou para a alameda dos Vaga-lumes e conheceu a garota mais legal do mundo. Kate Mularkey era inteligente, compreensiva e tão amorosa que logo fez Tully sentir-se parte de sua família. Ao longo de mais de trinta anos de amizade, uma se tornou o porto seguro da outra. Tully ajudou Kate a descobrir a própria beleza e a encorajou a enfrentar seus medos. Kate, por sua vez, a ensinou a enxergar além das aparências e a fez entender que certos riscos não valem a pena. As duas juraram que seriam amigas para sempre. Essa promessa resistiu ao frenesi dos anos 1970, às reviravoltas políticas das décadas de 1980 e 1990 e às promessas do novo milênio. Até que algo acontece para abalar a confiança entre elas. Será possível perdoar uma traição de sua melhor amiga? Neste livro, Kristin Hannah nos conta uma linda história sobre duas pessoas que sabem tudo a respeito uma da outra – e que por isso mesmo podem tanto ferir quanto salvar.”

Esse livro da Kristin H. para mim foi um dos mais morninhos comparado aos outros livros dela. Gostei sim da história, é uma trama muito boa, de duas personagens com vidas tão distintas e super fortes ao seu modo, mas por muitos momentos achei a narrativa bem morna e só com o final que ficou mais emocionante. Não é um livro ruim, longe disso, mas quem está acostumado com os romances de Kristin Hannah que são super intensos com uma pegada forte de drama, pode achar esse um pouco boring durante o decorrer da história.

Tully e Kate se tornam amigas inseparáveis aos 14 anos, seguem juntas para a faculdade que logo depois ambas tomam rumos diferentes na vida por suas próprias escolhas mesmo. Tully se torna famosa e rica na sua profissão e Kate escolhe ser mãe (que aliás tem uma adolescente insuportável na história) e dona de casa. Depois disso numa determinada parte da história, uma briga acontece (que aliás, Tully foi insensível pra cara*** nesse episódio) e há um hiato de 2 anos entre a amizade das duas.

Aí uma outra coisa acontece que aí nesse ponto já estamos praticamente no final da história, não vou escrever mais para não soltar spoilers. O que eu senti com esse livro? Faltou emoção, faltou aquela sacudida de dramas que Kristin Hannah é mestre em fazer nas suas histórias. Ambas amigas são egoístas ao seu modo com duas personalidades diferentes seguindo com suas qualidades e defeitos, e que tive muito mais empatia por Kate do que por Tully e mesmo as duas sendo tão super BFF’s no decorrer dos anos, a vida mostra que nem tudo são flores assim…

A história tem uma continuação que é “Por Toda Eternidade” e que eu já comecei a ler, alguns problemas no passado já estão sendo levados neste segundo livro e em breve farei resenha desse também.

Enfim… É um bom livro, mas certamente não é um dos melhores da autora. 4/5 xícaras:

Juliana Esgalha

Tags: ,

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.